São Carlos: casos de dengue aumentam 98% em uma semana

A cidade ainda investiga 12 casos suspeitos de chikungunya

09/03/24 às 09:46
por: Caroline Oliveira
Dengue Em São Carlos
Os Casos De Dengue No Município Subiram De 174 Para 344 Em Apenas Uma Semana

Recentemente, a cidade de São Carlos observou um aumento alarmante nos casos de dengue, com os números quase dobrando em apenas uma semana. Segundo os últimos dados fornecidos pela Vigilância Epidemiológica do município, os casos confirmados de dengue escalaram de 174 para 344 casos desde a última sexta-feira. Esse aumento drástico representa o mais significativo crescimento na incidência da doença, chegando a quase 98%.

Analisando os números apresentados, constata-se que a grande maioria dos casos (311) são autóctones. Isso indica que os indivíduos afetados foram picados por mosquitos infectados pelo vírus da dengue dentro dos limites do município. Por outro lado, existem 33 casos que foram classificados como importados, o que significa que as pessoas contraíram a doença em outras localidades, mas foram diagnosticadas ao retornarem ou visitarem São Carlos.

Além da preocupação crescente com a dengue, a cidade está sob alerta com a possível presença do vírus da chikungunya. Atualmente, há 12 casos que estão sendo analisados e aguardam confirmação. Até o momento, a Vigilância Epidemiológica de São Carlos não identificou qualquer caso de zika ou febre amarela, duas outras doenças virais que são transmitidas por mosquitos e podem causar surtos significativos de saúde pública.

Como se proteger da dengue

Para se proteger do mosquito da dengue e evitar a transmissão da doença, bem como de outras doenças como zika e chikungunya, siga estas medidas práticas:

  1. Elimine Águas Paradas: Remova a água acumulada de vasos de plantas, pneus velhos e quaisquer recipientes que possam servir como criadouros para mosquitos.
  2. Use Repelentes: Aplique repelentes de pele regularmente, especialmente durante os horários de maior atividade do mosquito, ao amanhecer e ao entardecer.
  3. Instale Telas de Proteção: Coloque telas em portas e janelas para evitar a entrada de mosquitos nas residências.
  4. Utilize Mosquiteiros: Durma sob mosquiteiros, especialmente em áreas com alta incidência de dengue.
  5. Conscientização Comunitária: Participe de esforços comunitários para educar e promover a eliminação de possíveis criadouros do mosquito.