Pedreiro de Mairinque que morreu na Raposo Tavares havia se casado há poucos dias

Foi enterrado na manhã deste domingo (17), o pedreiro Rodrigo Ferreira de Souza, 33 anos, que morreu vítima de um grave acidente de carro na Raposo Tavares em Sorocaba, interior de São Paulo.

Rodrigo foi sepultado no cemitério municipal de Mairinque, tendo a presença de muitos amigos e seus familiares inconformados com o acidente.

Rodrigo estava seguindo no quilômetro 83 da Raposo Tavares, quando teve seu carro atingido por outro veículo conduzido por uma mulher que estava alcoolizada. A mulher foi levada a delegacia de Sorocaba pela Polícia Rodoviária, pois se negou a fazer o teste de bafômetro.

Na delegacia, ela recebeu voz de prisão por estar alcoolizada após o teste na delegacia comprovar que ela havia consumido bebida alcoólica.

Ainda ao que apurado pelo Jornal Correio do Interior com agentes a Polícia Rodoviária da base próxima ao acidente, a mulher invadiu a faixa que Rodrigo seguia, após tentar uma ultrapassagem.

O Jornal Correio do Interior apurou ainda que a mulher deve passar por audiência de custódia no começo desta nova semana.

Rodrigo morava no bairro marmeleiro em Mairinque e havia se casado há poucos dias.