Mulher finge ser faxineira e rouba R$ 20 milhões em joias

A Polícia Civil de Santana do Parnaíba prendeu, nesta terça-feira (05), uma mulher por fingir ser uma faxineira doméstica, invadir uma mansão de luxo no bairro Alphaville, na cidade de Barueri na Grande São Paulo, e roubar joias que custam cerca de R$ 20 milhões.

Segundo o programa Balanço Geral, da TV Record, que cobriu o caso, a suspeita cometeu o crime no mês de agosto, quando entrou na mansão fingindo ser uma empregada doméstica em busca de emprego.

Inclusive, ela foi ganhando a confiança dos patrões nesse período até conseguir acesso ao cofre da família, onde as joias estavam.

Após descobrir a senha, ela aproveitou que as vítimas estavam viajando para roubar as joias, bem como outros nojentos de valor.

Não obstante, a Polícia Civil descobriu que a suspeita já cometeu crimes semelhantes em outras casas, sem que nenhum dos seus empregadores percebessem.

Isso porque após cometer os furtos, ela pedia demissão e seguia para uma nova casa para pedir emprego, e depois roubar os pertences dela.

Por fim, ela foi presa em flagrante na capital paulista, se passando por uma cuidadora de idosos em uma casa de luxo no bairro Pinheiros.

Na delegacia, os policiais descobriram que a suspeita já tinha ficha criminal desde 2021, suspeita de 8 furtos além de falsidade ideológica.