Vereadores apuram caso de nepotismo em Mairinque

Na sessão desta segunda-feira (25), na Câmara Municipal de Mairinque, interior de São Paulo, os vereadores Edicarlos da Padaria e Rose do Cris denunciaram possível caso de nepotismo na Prefeitura. O caso ocorreu em agosto, dentro da Secretaria da Segurança Pública e Mobilidade Urbana, dias após a posse do secretário Eronides Lima.

Segundo os vereadores, os servidores nomeados foram Rodrigo Rabello Figueiredo Carvalho e Ferreira Passos para o cargo de Diretor do Departamento de Proteção e Defesa Civil, e Jéssica Duemes, para o cargo de Assessora de Gabinete do Secretário. Ocorre que em suas redes sociais, Rodrigo e Jéssica se intitulam “Casal Wild” com diversas fotos do relacionamento, inclusive com status no facebook de casados.

Em consulta ao site da Prefeitura de Mairinque, na área de transparência, é possível confirmar essa informação na portaria nº 258 de 1 º de agosto de 2023, bem como na portaria nº 314 de 11 de setembro de 2023. “É preciso esclarecimentos acerca desse episódio sob pena da administração incidir num descrédito maior do que aquele que já experimenta perante a opinião pública, cite-se como a exemplo a espetacular e faraônica solenidade de empossamento do Secretário de Segurança Pública com honras militares e desfile militar sendo que o secretário empossado permaneceu poucos dias no cargo.” – comenta Edicarlos da Padaria e Rose de Cris.

Os vereadores questionam o Prefeito Gemente se o casal Rodrigo e sua esposa Jéssica Dumes, no ato da contratação, assinaram declarações, inclusive uma referente a Súmula 13, que dispõe sobre nepotismo. Também questionam os valores recebidos pelo casal referente a agosto e setembro.