Gangue do cemitério ataca em São Roque e rouba túmulos

Na calada da noite, uma gangue destemida com experiência em roubos surpreendeu a comunidade local ao saquear o Cemitério da Paz, localizado em São Roque, interior de São Paulo. Este ato de audácia chocou a todos, uma vez que os criminosos protagonizaram uma cena de vandalismo, subtraindo uma quantidade significativa de objetos em cobre, estátuas e imagens que adornavam os túmulos.

Segundo informações das autoridades locais, os ladrões não hesitaram em usar ferramentas improvisadas, como chaves de fenda e alavancas, para desalojar objetos que não podiam ser facilmente desparafusados. Até mesmo os portões do cemitério não escaparam do olhar criminoso do grupo, que conseguiu violar quase uma centena de túmulos. Importante ressaltar que o crime se concentrou apenas no furto de itens localizados do lado de fora dos túmulos, sem invadir as sepulturas em si.

A gravidade desse delito deixou os habitantes locais perplexos, especialmente aqueles que residem em uma rua interna do cemitério, onde todos os túmulos foram pilhados. A polícia agiu prontamente, isolando a área e aguardando a chegada dos peritos de Sorocaba para determinar a extensão dos danos e reunir evidências. Marcas de mãos e pegadas, além do desgaste na vegetação circundante, apontam as trilhas percorridas pelos criminosos ao entrar e sair do local.

As autoridades estão dedicando todos os esforços para solucionar esse perturbador caso e levar os culpados à justiça. A comunidade local se solidariza na repulsa a essa ação criminosa, que desrespeitou a memória dos entes queridos que repousam no Cemitério da Paz.