Filha descobre assassinato da mãe em Araçariguama ao tentar acordá-la

28/08/23 às 14:59
por: Igor Juan

A Polícia Civil investiga e faz busca por um homem de 47 anos, que às 23h40 de domingo (27), matou a facadas, uma mulher de 54 anos. O caso aconteceu no Jardim Brasil, em Araçariguama, cidade próxima a São Roque, interior de São Paulo. 

Após assassinar a companheira, em motivo desconhecido, o homem fugiu.

A vítima, de identidade não informada pela SSP – Secretaria de Segurança Pública, não teve chance de socorro e foi encontrada pelas filhas, em um dos cômodos da pequena casa que morava.

Uma das filhas da mulher, relatou aos Policiais que na tarde de domingo o casal teve uma discussão e ela e a irmã deixaram a mãe com o então companheiro, sozinhos, pois estavam se sentindo mal com a discussão.

Descoberta do assassinato

Uma das filhas, que saiu de casa em meio a discussão, voltou para casa no começo da noite. Ao chegar, viu que sua mãe já estava deitada na cama com um cobertor. De imediato, imaginou que ela já estava dormindo e preferiu não incomodá-la, tendo que acordá-la para avisar que havia voltado. Assim, ela preferiu também ir dormir em um comodo bem ao lado do quarto de sua mãe.

Horas depois, a segunda filha também voltou para casa, e queria falar com a mãe. Ela foi até o quarto e ao acorda-lá, viu que a cama estava suja de sangue e sua mãe esfaqueada, já sem vida.

Uma equipe do SAMU foi acionada de imediato pelas filhas, assustadas com a situação, porém ela já estava morta.

O corpo de mulher vítima do assassinato registrado na delegacia de Araçariguama, como feminicídio, foi levado ao IML – Instituto Médico Legal de Sorocaba, para perícia.

Buscas pelo assassino

O Jornal Correio do Interior falou com a SSP e Polícia Civil de Araçariguama sobre o caso, mas ambos se limitaram a falar sobre. Por ora, a informação em torno da investigação é que os investigadores do caso vão buscar possíveis imagens de câmeras de segurança, que possam ter filmado a fuga do acusado do assassinato.

Por fim, outra informação é que ele fugiu em um carro de modelo monza.