Fábrica da Toyota será fechada em Indaiatuba e fábrica em Sorocaba deve abrir novas vagas

A unidade de Sorocaba será ampliada e receberá as operações da fábrica de Indaiatuba

05/03/24 às 18:39
por: Igor Juan
Fábrica Da Toyota Será Fechada Em Indaiatuba E Fábrica Em Sorocaba Deve Abrir Novas Vagas
Funcionários Da Toyota.

Coluna O Informante, por Igor Juan: A Toyota, uma das principais fabricantes de veículos do mundo, anunciou novos planos de ampliar a produção em sua unidade em Sorocaba, no interior de São Paulo. Porém, vai fechar a fábrica de Indaiatuba, localizada a 63 quilômetros da unidade de Sorocaba. Essa decisão faz parte de um plano estratégico da empresa para aumentar sua capacidade produtiva e se adaptar às demandas do mercado.

A unidade de Sorocaba será ampliada e ao que apurado pela coluna O Informante deve passar a realizar as operações da fábrica de Indaiatuba no primeiro semestre do próximo ano – 2025. Estima-se ainda que o encarramento por completo da fábrica da Toyota em Indaiatuba, será concluído no final de 2026.

Justificativa para o fechamento da Toyota Indaiatuba

A Toyota justifica essa decisão afirmando que visa a manutenção de 100% dos empregos e a criação de 500 novos postos de trabalho na planta de Sorocaba, o que representa um crescimento significativo na capacidade produtiva da empresa. As contratações para esses novos postos de trabalho terão início em meados de 2026 e, até 2030, espera-se que sejam criados 2 mil empregos diretos.

Além disso, a Toyota confirmou um plano de investimentos de R$ 11 bilhões até 2030, sendo que R$ 5 bilhões já haviam sido confirmados até 2026. Esse anúncio é considerado o mais importante dos 66 anos de história da empresa no Brasil. Os recursos serão destinados para ampliar a capacidade de produção de veículos híbridos flex no país.

A fabricante de veículos também revelou que serão lançados novos modelos de veículos. Um deles é um SUV compacto híbrido flex, que já havia sido anunciado no ano passado e tem previsão de produção para 2025. Outro modelo, desenvolvido especialmente para o mercado brasileiro, será fabricado em Sorocaba. Há especulações de que se trate de uma caminhonete derivada do Corolla Cross. Esses novos veículos serão fabricados conforme a nova política para a indústria, o programa Nova Indústria Brasil, e o programa Mover, ambos anunciados recentemente pelo governo federal, que oferecem incentivos à sustentabilidade.

Além disso, a Toyota também planeja produzir um motor para o sistema híbrido de seus veículos na fábrica de Porto Feliz, em São Paulo, a partir do próximo ano. E a partir de 2026, a planta de Sorocaba iniciará a fabricação de baterias para os veículos híbridos da empresa.

Com esses investimentos e ampliação da produção, a Toyota reforça seu compromisso com o mercado brasileiro e com a busca por soluções mais sustentáveis. Os veículos híbridos flex são uma tendência crescente no mercado automobilístico, e a empresa está se posicionando estrategicamente para atender a essa demanda.

Em suma, a Toyota vai ampliar sua produção em Sorocaba, fechar a fábrica de Indaiatuba e investir bilhões de reais no Brasil. Essa decisão trará benefícios econômicos e sociais para o país, gerando empregos e impulsionando o desenvolvimento da indústria automobilística nacional.