Essas são as 10 palavras menos usadas pelos brasileiros

15/02/24 às 12:15
por: Gabriel Kazuo

A nossa língua portuguesa possui mais de 100000 palavras, ou verbetes e a maioria deles nunca ouvimos falar. Isso porque a maioria delas vem dos séculos passados, onde a forma de conversar se assemelhava mais ao português de Portugal e não havia muita regionalização.

Tanto é que se você folhear qualquer modelo de dicionário de Português, você verá muitas palavras que caíram em desuso e que ninguém mais usa, ou ao longo do tempo foram trocadas por outras mais fáceis de se pronunciar. Confira:

  • Recôndito:

Primeiramente, o termo recôndito é sinônimo de oculto, ou secreto, ou seja algo que está escondido em algum lugar.

Exemplos:

”O tesouro dos piratas estava dentro do recôndito de uma cripta misteriosa” = ”O tesouro dos piratas estava escondido/oculto dentro de uma cripta misteriosa”.

  • Opróbrio:

Se refere a algo vergonhoso, vexatório. Por exemplo: ”O 7×1 que o Brasil levou da Alemanha foi um opróbio” é o mesmo que dizer que: ”O 7×1 que o Brasil levou da Alemanha foi uma vergonha. ”

  • Obnubilar:

É o mesmo que escurecer, turvar, obscurecer:

”A névoa densa começou a obnubilar a visão dos passageiros” = ”A névoa densa deixou turva a visão dos passageiros”.

  • Gnose:

Se refere a algo que é místico ou esotérico, não tendo um sinônimo em português, pois também se refere à uma religião.

  • Eflúvio:

É o mesmo que perfume. Exemplo: Eflúvio de rosas = Perfume de rosas.

  • Desasnado:

Comicamente, alguém desasnado é alguém que não é um asno, ou seja, burro em algo.

Exemplo: João se formou e deixou de ser desasnado em Jornalismo= João se formou e passou a ser instruído (inteligente, capacitado, hábil) em Jornalismo.

  • Dendriforme:

É um adjetivo que descreve o quanto uma árvore é ramificada.

  • Corolário:

É o mesmo que resultado, causa de algo. Exemplo:

”A chuvarada de ontem é um corolário do alto calor” = ”A chuvarada de ontem é uma causa ou motivo do alto calor.

  • Beneplácito: