Criança de 6 anos morre esfaqueada na manhã desta segunda

Na manhã desta segunda-feira (11), uma greve situação chocou os moradores do distrito de Barão Geraldo, em Campinas, interior de São Paulo.

Uma criança de seis anos foi esfaqueada e levada em estado grave ao hospital Clinica da universidade Unicamp. A criança porem não resistiu aos graves ferimentos e morreu.

Ao que apurado pelo Jornal Correio do Interior em contato com a COPOM da Polícia Militar, o pai da criança foi quem o levou para o hospital. Ele estava no trabalho quando recebeu uma ligação da avó da criança, pedindo a ele para que voltasse para casa quanto antes, informando que o filho estava gravemente ferido.

Ao chegar em casa, o homem encontrou o filho no quatro com diversos ferimentos de faca pelo corpo.

Instantes depois a Polícia foi acionada no hospital, enquanto outra equipe foi até a casa que ocorreu o crime. No imóvel, policiais descobriram que a madrasta do menino teve um surto e atacou a criança. Sobretudo, ela ainda tentou se matar, mas não conseguiu.

Ela foi socorrida em estado grave ao pronto-socorro, permanecendo sob escolta policial durante a investigação dos fatos.

O caso será investigado pela Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Campinas.