“Amante” que caiu em emboscada em Mairinque vira caso da Polícia

07/08/23 às 20:38
por: Igor Juan

O caso da “amante” que caiu em uma emboscada em Mairinque, interior de São Paulo, virou caso de Polícia. A situação que repercutiu em toda a cidade aconteceu ao final do mês de julho, no bairro Vila Granada, pelo período da noite.

No vídeo, duas mulheres aparecem em luta corporal, em outras palavras, brigando no estacionamento de um supermercado do bairro, na Avenida Preciosa Purificação Ramos. Conforme informações, o caso aconteceu na noite de segunda-feira, 24 de julho.

A briga, sobretudo, seria por um motivo de vingança. A mulher que aparece nas imagens com a camisa de cor amarela é a suposta amante de um funcionário da CBA – Companhia Brasileira de Alumínio.

Em fúria, a mulher do homem casado, ao saber da suposta situação, armou a emboscada para bater na então “amante” do marido. Ainda ao que apurado, ela atacou a suposta amante do marido no momento em que ela esperava pelo ônibus para ir trabalhar, na mesma empresa que o então homem trabalha – CBA.

Caso virou assunto de Polícia

Por ora, a informação é que o caso virou assunto de Polícia, que deverá apurar toda situação. A mulher de vítima das agressões, registrou o caso na delegacia de Mairinque. O caso foi registrado como lesão corporal. No artigo 129 do Código Penal Brasileiro, é considero crime de lesão corporal, a conduta de alguém ofender a integridade física ou a saúde de outra pessoa.

Assim, o delegado de Mairinque, Expedido Alves, deve muito em breve notificar as partes envolvidas para prestar depoimento sobre ocorrido. Em situação futura, a mulher casada, que iniciou as agressões, pode cumprir prisão de 3 meses a 1 anos, em julgamento da justiça, já que agora o caso deve seguir em novos desdobramentos.