10 Viaturas dos bombeiros foram acionadas em incêndio na fábrica da Sherwin Williams

Foram cerca de três horas de trabalho e exatamente dez viaturas dos bombeiros acionadas para o trabalho de combate ao incêndio da fábrica da Sherwin Williams em Araçariguama, interior de São Paulo.

O incêndio começo exatamente por volta das 15h40 da tarde de domingo (17). Na fábrica haviam três funcionários que conseguiram deixar o local rapidamente. Um dos funcionários era um porteiro.

A empresa é uma das maiores produtoras de tintas do Brasil, sobretudo também é uma multinacional. Não há informações sobre o que causou o incêndio, tanto os bombeiros, bem como a empresa, devem apurar o motivo.

Funcionários de empresas vizinhas a Sherwin Williams, como a Gerdau, produtora de aços, ficaram assustados com a proporção o incêndio. Por diversos bairros de Araçariguama e até mesmo da Barueri, na Grande São Paulo, a fumaça de cor escura e densa pode ser vista.

Em um primeiro momento, antes mesmo que as informações do corrido pudesse ser noticiado nos jornais locais, os moradores da cidade imaginaram que o incêndio estava ocorrendo na metalúrgica Gerdau.

Conforme apurado pelo Jornal Correio do Interior, a empresa deve ficar fechada nesta segunda-feira (18), para trabalho de vistoria dos bombeiros e Defesa Civil Municipal. 

Em suma, esse é o segundo grande incêndio em fábrica na cidade de Araçariguama. No começo do ano, em janeiro de 2023, uma indústria química pegou fogo em um produto com enxofre. A empresa teve que ser evacuada e o combate ao fogo levou mais de 3 horas.