Riscos e perigos da forte onda de calor

11/11/23 às 14:04
por: Gabriel Kazuo
Riscos E Perigos Da Forte Onda De Calor
Beber Água É Essencial Em Meio A Forte Onda De Calor.

Uma forte onda de calor vai atingir a Região de Sorocaba nesta semana, com máximas de 39 graus em muitas cidades e sensação térmica beirando os 48.

Sabendo disso, o Correio do Interior prepara um guia de como evitar se expor a essas altas temperaturas e os riscos para nossa Saúde neste tipo de clima.

Segundo os médicos, o primeiro problema que as altas temperaturas causam é o estresse térmico, quando o nosso organismo não consegue manter a temperatura do nosso corpo em 25 graus, causando problemas graves, como insolação e desidratação.

A insolação é uma doença grave, e causa tonturas, desmaios, dor de cabeça, náuseas e fata de ar. Sobretudo, se isso não for tratado imediatamente, ela pode evoluir para quadros de desidratação e até, mesmo morte.

Em seguida, o calor também faz os vasos sanguíneos dilatarem. Logo, é comum que pessoas com nariz sensível apresentem quadros de sangramento nasal, caso fiquem muito tempo no Sol.

O calor pode matar uma pessoa?

Infelizmente, a resposta para esta pergunta é SIM, pois do mesmo modo que o frio, o calor pode sim matar pessoas, sobretudo aquelas com imunidade baixa ou comprometida.

De acordo com apuração do Correio do Interior, temperaturas acima dos 42 graus já são suficientes para matar pessoas, e o horário de risco é durante a tarde, quando a exposição ao Sol é maior.

Outros problemas que o calor causa são irritação nos olhos, queimaduras, câimbras, danos nos rins e no coração.

O grupo de risco para doenças deste tipo são crianças, idosos, imussuprimidos, gestantes e pessoas com doenças crônicas, pois elas apresentam imunidade baixa e um sistema de proteção ao calor muito baixo.

O que fazer para fugir do calor?

A seguir, veja 6 dicas de como se proteger do calor:

  • Use protetor solar:

S você for passar muito tempo na rua, no Sol ardente, passe protetor solar antes de sair, para não ficar queimado.

  • Evitar sair durante a tarde:

No Brasil, os raios solares atingem com mais força na parte da tarde, entre às 13h até 15h. Logo, evite sair na rua nesses horários e procure ficar em casa.

  • Use bonés ou chapéus:

A cabeça é a área mais sensível ao calor e mais fácil de sofrer queimaduras. Logo, proteja ela com bonés ou chapéus com abas antes de sair.

E lembre-se, o excesso de Sol na cabeça pode causar desmaios e inclusive levar a pessoa a um quadro de coma, onde ela perde todos os sentidos do corpo.

  • Use roupas leves e em cores claras:

As roupas leves e de cores claras retém menos luz solar e ajudam a evitar que nosso corpo se aqueça.

  • Por fim, se hidrate!!

A última regra de ouro é beber bastante água ou bebidas isotônicas, no mínimo 8 copos por dia.