Motorista é agredido em Cotia, após parar ônibus porque passou mal

A Polícia Civil investiga dois homens que agrediram um motorista de ônibus em Cotia, na Grande São Paulo, na tarde de quarta-feira, 30 de agosto.

O caso de agressão aconteceu as margens da Rodovia Raposo Tavares, no quilômetro 24. O motorista da linha 035 (Cotia X Butantã), foi brutalmente agredido com socos e chutes por dois motivos.

A situação inicial é que o motorista estava dirigindo o coletivo em longo percurso em velocidade abaixo do recomendado (60 km/h). Com a baixa velocidade, muitos passageiros passaram a ficar incomodados e passaram a xingar e ofender o motorista.

Em dado momento, o motorista parou o ônibus próximo a um posto de combustível e foi até o estabelecimento e voltou 20 minutos depois.

Ao voltar, ele foi brutalmente agredido por dois passageiros. Agentes da Guarda Municipal passavam pelo local no momento da situação e conseguiram intervir no caso.

Motorista estava passando mal

Os dois homens foram detidos elevados pelos Guardas Municipais para  2º Distrito Policial de Cotia. Na delegacia, o motorista brevemente informou que dirigia o em baixa velocidade por não se sentir bem de modo repentino. Logo ele teve que parar o ônibus sem avisar os passageiros, por estar passando mal em estado que não conseguir dirigir, bem como se comunicar.