Jovem que despareceu entre Mairinque e Itu após pedir UBER liga para o pai de local misterioso

Após pouco mais de nove dias desaparecida, e virar destaque em diversos jornais, a jovem de 22 anos que estava desaparecida no bairro Doninha, limite entre Mairinque e Itu, voltou para casa.

Foram nove dias de angústia da família, e de muitas ações em redes sociais em busca de informações de Jenifer Alexandra Diniz.

Ela desapareceu no dia 26 de abril às 8 horas da manhã, após pedir um UBER. Contudo, nesta quarta-feira (03), Jenifer entrou em contato com os pais, após a Polícia iniciar uma busca nas ruas por ela. 

Brevemente ao entrar em contato com a família, ela disse ao seu pai que estava bem. O pai da jovem, não deu detalhes de onde ela estava, apenas disse que o mais importante é que ela voltou para casa.

Em suma, ele disse que a filha ligou para dizer que estava bem, e para dar essa certeza fez uma videochamada. 

Roberto Oliveira disse ao jornalista Igor Juan, do Jornal Correio do Interior, que a filha nunca  havia ficado tanto tempo sem dar notícias.

“Conversamos 40 minutos.  Ela não quis falar onde estava. Só queria saber se ela estava bem. Não quis pressionar, ela vai dizer com o tempo. O importante é que ela está aqui agora (Em casa)”

Sobretudo, Roberto disse qua filha em videochamada estava em um quarto, enquanto eles conversavam. Além disso, ele disse que ela trocou de chip de celular, e ligou em vídeo através do facebook. Porém, não há informações concretas de onde ela esteve durante todo esse tempo, bem como o motivo do desaparecimento, no qual ela não informou para família e amigos. 

Por fim, Roberto disse que não ficou bravo com a filha, e garantiu que o tempo conserta tudo. Enfim, o caso que estava sendo investigado pelo 1° Distrito Policial de Itu, agora se da por encerrado.

Pediu carro por aplicativo

Em meio ao desaparecimento, a família de Jenifer, disse para polícia em breve depoimento durante o registro do boletim de ocorrência, que ela teria pedido um carro de transporte por aplicativo logo depois que saiu de casa às 8 horas da manhã. Porém, depois disso, ninguém mais viu Jenifer. Essa informação foi dada para a família, por uma amiga de Jennifer.

Em suma, o pai da jovem, Roberto de Oliveira Diniz, disse que não é de costume a filha sair e ficar sem dar informações.

Sem contato algum

Sobretudo, a família antes de registrar o desaparecimento de Jenifer, tentou contato com a jovem ligando em seu celular. Porém, as ligações são direcionadas para a caixa postal. Além disso, Jenifer repentinamente desativou as redes sociais.

Jenifer conheceu um homem misterioso…

Uma outra informação que os familiares tinham quando Jenifer desapareceu, foi de que ela teria conhecido recentemente um homem misterioso pela internet.

Suelen Góes, amiga de Jenifer afirma que Jenifer estava a pouco tempo mantendo conversas com um homem misterioso nas redes sociais. Ela diz que Jenifer não sabia o nome exato dele, e nem sequer tinha uma foto. Sobretudo, Suelen disse que Jenifer também falava ocasionalmente que iria embora com o tal homem para o Estado de Minas Gerais.

A família diz que Jenifer era muito tranquila, saia muito pouco de casa e não tinha namorado.

Jenifer mentiu para amiga e irmão

Brevemente, horas antes de desaparecer, Jenifer fez contato com a amiga Suelen e disse que iria sair com seu irmão. Porém, para o irmão, ela disse que iria sair com Suelen. Em suma, a Polícia Civil vai analisar imagens de câmeras de segurança do local onde ela embarcou no carro por aplicativo, a princípio da empresa UBER.