Homem morre sentado enquanto aguardava atendimento médico

Um caso lamentável aconteceu no Conab de Carapicuíba, na Grande São Paulo, onde um homem de 50 anos morreu, nesta quarta-feira (14), enquanto aguardava sentado receber atendimento médico.

De acordo com os enfermeiros do Conab, eles encontraram a vítima já falecida na cadeira do hospital, que foi identificado como Sérgio Pedro da Silva.

Sobretudo, ele chegou ao Conab na noite de terça-feira, com sinais de embriaguez, após receber atendimento do SAMU.

No local, ele chegou a receber atendimento, sobretudo realizou exames médicos e psiquiátricos, por volta das 22h, mas não voltou para casa.

Em suma, os funcionários do Conab disseram ao Jornal Correio do Interior, que liberaram Sérgio às 2h de quarta, o que a Prefeitura da cidad nega.

Em relação à denúncia, foi um outro paciente que estava no Conab que relatou o caso, pois viu Sérgio sentado às 7h de ontem.

Às 14h, quando ele saia do hospital, ele viu novamente a vítima no mesmo lugar, e somente quando chegou perto dele que ele notou que Sérgio estava morto.

Após constatar o óbito, o corpo passou por uma perícia, onde eles constataram que Sérgio morreu de infarto.

Por fim, a Prefeitura de Carapicuíba que gerencia o Conab lamentou o ocorrido e ressaltou que a vítima recebeu orientação para permanecer na unidade, em observação.

No entanto, o Correio do Interior apurou que o caso de Sérgio não foi o primeiro do Conab e que algo semelhante ocorreu no ano passado.

Em dezembro do ano passado, um homem chegou no Conab com dores no peito, recebeu atendimento médico, e assim como Sérgio não ficou em observação na UTI.

Por fim, a Prefeitura da cidade disse que analisará os 2 casos e pretende analisar a conduta dos médicos da unidade pelo mau atendimento.