Homem mata esposa espancada por suspeitar de traição

Uma jovem de 17 anos, foi morta após ser espancada pelo marido, Wesley Aparecido Boclan Alonso, de 31 anos. O caso aconteceu na pacata cidade de Ibaté, interior de São Paulo, na madrugada de segunda para terça-feira (19).

O casal morava em uma casa na rua Ivo Gênova, no Jardim América e tinha uma filha de 3 anos.

Isabela Cristina da Silva Lopes foi brutalmente espancada pelo marido que acusou ela de uma suposta traição amorosa. Em meio aos ataques de fúria do marido, Isabela conseguiu ligar para Polícia Militar, que chegou no local rapidamente.

Coberta de sangue, Isabela segurava o filho no colo no momento em que os Policiais chegaram. Wesely foi quem atendeu aos policiais e de imediato disse que havia espancado a esposa. Para os policiais, Wesely disse que bateu em Isabela por ela estar traindo ele com outro homem que estava na casa do casal e havia fugido pelo telhado.

Isabela foi levada gravemente ferida ao hospital Hermínia Morganti, enquanto seu marido estava sendo detido e preso em flagrante. No hospital, Isabela teve duas paradas cardíacas e morreu. Brevemente ao que informado pelo setor policial de Ibaté, Wesely usou a princípio uma barra de ferro e madeira para bater na esposa.

Na delegacia a polícia descobriu que Wesley já tinha histórico criminal por violência domestica, tendo dois boletins de ocorrência citando seu nome. O corpo de jovem foi levado pelos familiares para cidade de Santa Bárbara d’Oeste e o sepultamento deve ocorrer na manhã desta quarta-feira (20).

O caso foi acompanhado de perto pelo Delegado Gilberto de Aquino.