Fase Roxa ganha força e será anunciada em breve

Fase Roxa será a mais restritiva para controle da covid-19 em cidades do Estado de São Paulo. São Roque e Sorocaba vão estar na fase roxa

02/03/21 às 13:58
por: Gabriel Kazuo

A possibilidade de se criar a Fase Roxa no Plano SP ganhou mais força na manhã desta terça-feira (02), após entrevista de Paulo Menezes, Coordenador do Centro de Contingência contra a Covid-19, na Rádio Bandeirantes. Na manhã de segunda-feira com exclusividade o Correio do Interior destacou o assunto em manchete principal do dia.

Segundo Paulo Menezes, o Centro de Contingência espera uma piora na situação dos casos de covid-19 em algumas cidades do Estado a partir desta semana, tendo assim uma “carta na manga” para evitar o colapso do sistema de Saúde público, junto com o Governo Estadual. A tendência é que todo o Estado passe para a Fase Vermelha na próxima semana, e que a Fase Roxa seja implementada gradativamente em diversas cidades, como Sorocaba, São Roque, Itu, Ibiúna entre outras, conforme apurado e antecipado pelo Correio do Interior, em fontes ligadas ao Governo Estadual.

Ainda não se sabe ao certo como irá funcionar essa nova fase, mas especula-se que ela seja acionada quando uma região apresentar 90% de taxa de ocupação de leitos, ou que apresente grande circulação de pessoas, seja em questão comercial, turismo e pouco falta de fiscalização municipal. Na fase roxa a ser criada, supermercados e farmácias não podem estar em funcionamento, sendo um “pequeno  lockdown”

O coordenador ainda revelou que, caso a situação piore mais do que o previsto, irá pedir a suspensão das aulas em escolas e universidades estaduais. 

Como foi a entrevista

O pronunciamento de Paulo Menezes foi bastante rápido. Ele começou dizendo que São Paulo irá ter uma nova reclassificação do Plano de flexibilização da quarentena, no dia 5 de março, e a tendência é que aumente o número de regiões na Fase Vermelha. 

Sem dar muitos detalhes, Paulo Menezes disse que a Fase Roxa irá restringir o horário de funcionamento dos serviços essenciais,  e que isso também será feito na Fase Vermelha.

Entretanto, Paulo Menezes reforçou que o momento vivido por São Paulo não é ”desesperador”, como podemos notar nos demais Estados do Brasil, pois a taxa de internação gira em média de 75%, e com a possibilidade de ampliação de leitos de UTI.

Sobre o lockdown das 23h até às 05h, Paulo Menezes disse que ele poderá ser ampliado, sobretudo com a criação da Fase Roxa, fazendo com que a população permaneça em casa por mais tempo, evitando as aglomerações.

Quais são os serviços essenciais

  • Hospitais;
  • Clínicas;
  • Consultórios Odontológicos;
  • Veterinários;
  • Supermercados;
  • Hipermercados;
  • Açougues;
  • Padarias;
  • Lojas de Suplementos;
  • Feiras livres;
  • Transportadoras;
  • Armazéns;
  • Postos de Combustíveis;
  • Lojas de Materiais de Construção;
  • Lavanderias;
  • Serviços de limpeza;
  • Hotéis;
  • Serviços de Zeladoria;
  • Bancos;
  • Lotéricas;
  • Agência de Suporte Técnico para eletroeletrônicos;
  • Delegacias;
  • Igrejas e templos religiosos;
  • Imprensa;
  • Indústrias

Todos os serviços citados podem funcionar normalmente, com capacidade reduzida e respeitando as diretrizes de uso de máscara obrigatório e distanciamento social de 1,5m à 2m.