Câmera filma morador de Mairinque tentando matar cachorra

16/05/23 às 21:01
por: Igor Juan

Em Mairinque, interior de São Paulo, uma câmera de segurança registrou a ação de um homem tentando matar uma cachorra. As imagens foram registradas no dia 16 de maio, às 2 horas da madrugada no bairro Vila Granada.

As imagens foram obtidas pela Coluna “O Informante”.  Os moradores locais pedem ajuda de modo público pelas redes sociais para que providências sejam tomadas tanto pela agressão e tentativa de homicídio ao cachorro, bem como pela perturbação de sossego.

O homem que aparece nas imagens é um morador do bairro, identificado como Márcio. Os moradores do bairro relataram que ele causa incômodo a muitas pessoas, já que é agressivo e faz uso de álcool e droga constante.

Nas imagens, ele aparece batendo a cabeça da cachorra sem raça definida, violentamente contra um poste de energia elétrica na rua. A ação acontece por mais de uma vez. Ainda nas imagens é perceptível ver que a cachorra fica atordoada e tenta escapar da situação. 

Um jovem que ouviu a cachorra chorando socorreu o animal e passou a prestar ajuda a ela.

Vizinhos vivem com medo…

Os vizinhos relatam que toda madrugada Márcio joga pedras em casas, quebra portões de garagem, vidro de casas, bem como quebra e ataca carros estacionados ou que estejam passando na rua.

Contudo, ele também anda armado, sem porte legal para armas. Os vizinhos relataram que ele já foi detido por andar armado. Porém foi liberado instantes depois. Os vizinhos informaram que ele está sempre armado com algo que é risco às pessoas, como faca e armas brancas.

Pelas ruas do bairro, muitas crianças que têm que ir a escola  municipal Benedita Camargo Valêncio são orientadas a tomarem cuidado com a presença de Márcio.  Por fim, os vizinhos pedem que autoridades policiais e Guarda Municipal tomem providencia sobre a situação, e que ligam constantemente para GCM e Polícia, mas que não há uma resposta efetiva ao problema, sendo um risco coletivo.

Em suma, sobre a situação dele ter tentado matar a cachorra, o jovem que resgatou o animal informou que registrou o caso na delegacia de Mairinque. Buscamos contato com o delegado de Mairinque, Espedito Alves da Silva Júnior, mas ele não retornou contato para falar sobre a situação.