×
PUBLICIDADE

Uso do protetor solar é fundamental na prevenção de melanoma, segundo Seconci-SP

Redação

4 de julho de 2019
Atualização:04 jul 2019 às 10:35

O mês de junho foi marcado por ações de conscientização e prevenção ao melanoma, um tipo de câncer de pele que apresenta alta propagação para outros órgãos, a chamada metástase. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), somente em 2019, são estimados 170 mil novos casos da doença. Entre os três tipos de câncer de pele, carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma, este último é o menos frequente, corresponde a 5% dos cânceres de pele, porém é o mais agressivo de todos, apresentando alta taxa de mortalidade.

De acordo com a médica dermatologista da Regional Sorocaba do Seconci-SP, Renata Paes Barreto, a prevenção é a principal arma contra o melanoma. “É muito importante evitar a exposição ao sol, que é o principal fator de risco. Aqueles que ficam expostos ao sol devido as suas atividades, devem fazer uso do protetor e roupas com proteção solar, além de outros acessórios, tais como: chapéus e óculos”, explica a médica.

Diagnóstico precoce

Além da prevenção, Renata destaca que é fundamental estar atento a toda e qualquer pinta ou mancha no corpo. “A qualquer sinal de mudança, é recomendado procurar um especialista. A Sociedade Brasileira de Dermatologia indica a regra do ABCDE, que significa: Assimetria, Bordas (irregulares), Cor, Diâmetro e Evolução. Qualquer mudança em tamanho, forma, cor, sangramento ou apresentação de um novo sintoma, deve ser reportado para o médico dermatologista”, observa Renata.

As visitas ao consultório médico devem ser anuais, segundo a dermatologista, pois existem pessoas que fazem parte de um grupo de risco. “Fatores genéticos e casos de câncer na família aumentam as chances de algumas pessoas desenvolverem a doença e dependendo do fator de risco o acompanhamento deve ser mais frequente. É importante lembrar que a prevenção começa na infância, pois a partir dos seis meses de idade a criança já deve fazer uso de protetor solar e evitar exposição excessiva ao sol”, destaca.

A médica dermatologista adverte também para o fato da rápida evolução do melanoma. “Quando diagnosticado no início, o tratamento tem melhores resultados e maior chance de cura, podendo ser superior a 90%, mas é importante ressaltar que a evolução deste tipo de câncer é muito rápida e o tratamento é mais difícil em casos avançados, o que tem aumentado o número de óbitos anuais, que já passam de 1.500”, conclui.

Ambulatório do Seconci

Segundo a gerente do Seconci-SP, Ester Gonçalves, a Regional Sorocaba oferece ambulatório médico especializado para os trabalhadores da área da Construção Civil e seus dependentes,  mediante a contribuição mensal das empresas do setor.  “Contamos com um corpo clínico que atende diversas especialidades, além de um Laboratório de Análises Clínicas, certificado pela ISO 9001:2008 e serviços complementares. Oferecemos ainda uma Unidade Móvel Odontológica e palestras multidisciplinares de caráter preventivo e educativo, que podem ser levadas aos canteiros de obras”, ressalta a gerente.

O Seconci-SP (Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo) tem como missão promover ações de saúde e assistência social, garantindo qualidade de vida aos trabalhadores e seus dependentes. A Unidade de Sorocaba atende colaboradores de mais de 150 empresas contribuintes e dispõe de um corpo clínico especializado em: cardiologia, clínica médica, dermatologia, ginecologia, nutrição, oftalmologia, ortopedia, odontologia, otorrinolaringologia e pediatria.

Além disso, os trabalhadores e seus familiares podem realizar exames clínicos, audiometria, eletrocardiograma, eletroencefalograma, radiologia e ultrassonografia, tudo no mesmo espaço. A Unidade conta ainda com assessoria em medicina ocupacional e engenharia de segurança, inclusive para empresas de outros setores da economia, com atendimento clínico para emissão de atestados de saúde ocupacional e realização dos Programas de Saúde e Segurança do Trabalho, de acordo com a legislação trabalhista.

Redação

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e checam informações dos fatos diariamente noticiados no jornal

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.