×
PUBLICIDADE

Tradutora sorocabana de 35 anos é encontrada morta em quarto de hotel no Chile

Igor Juan

8 de julho de 2019
Atualização:08 jul 2019 às 11:49

Realizando uma viagem curta de apenas quatro dias, uma tradutora sorocabana de 35 anos foi encontrada morta dentro de um quarto de hotel, no sábado (6), em Santiago, no Chile.

Giovanna Elias Bardi programou a viagem ao Chile sozinha, sem o namorado, apenas para conhecer mais o país.Os  familiares da tradutora desconfiaram da falta de contato dela, sendo que última vez que ela falou via telefone com os familiares e o namorado foi na noite de quinta-feira.

Preocupados com o sumiço repentino de Giovana, a família e o namorado, Leandro Bonello, enviaram ao celular dela diversas mensagens na manhã de sexta-feira(06),  perguntando se estava tudo bem, porém ela não respondia.

Em contato com o hotel onde ela estava hospedada, o namorado pediu para que pudessem checar se estava tudo bem. Funcionários do hotel foram até o quarto da hospede e a encontram morta, ela estava na cama e não havia qualquer sinal que possa indicar o que tenha acontecido.

O Itamaraty informou que foi procurado pelo namorado de Giovanna e que o caso foi encaminhado para o Consulado em Santiago. Os trâmites para o translado do corpo estão sendo realizados. Não há previsão para a liberação do corpo.

Igor Juan

Jornalista editor-chefe do Correio do Interior desde 2016. Formando pela faculdade ESACM Sorocaba. Atuou na RedeTV! e demais meios de comunicação. Correspondente do Jornal Metrópoles em SP com o Correio do Interior MTB: 0082709/SP.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.