Torcidas de futebol prestam homenagem à jovem morta pelo pai após denúncia de estupro em São Roque (SP)

Rafael Lima - Correio do Interior

5 de outubro de 2018
Atualização:05 out 2018 às 14:34

Torcidas organizadas do futebol paulista se comoveram com a morte de Letícia Tanzi, jovem de 13 anos morta a facadas pelo próprio pai na última terça-feira (2) em São Roque (SP). Hoje a cidade amanheceu com uma homenagem em uma ponte na região central do município. A torcida Independente do São Paulo Futebol Clube da cidade expôs um faixa em homenagem à adolescente.

Faixa foi exposta em uma ponte na Av. João Pessoa com vista para a Av. Antônio Dias Bastos.

Outras torcidas organizadas do São Paulo e do time rival, Corinthians, também prestaram homenagem nas redes sociais lamentando a morte da menina. A página Corinthians Gigante fez um post junto a uma foto de Letícia: “Uma homenagem a essa jovem torcedora do São Paulo que foi morta ontem, pelo seu próprio ‘pai’. Nós da Fiel torcida, desejamos forças aos amigos e familiares. Nessas horas não existe rivalidade”.

Já a página oficial da Torcida Independente, fez um vídeo mostrando uma faixa que será estendida durante o próximo jogo do São Paulo:

 

Letícia foi enterrada no final do tarde de ontem, quarta-feira (04), no cemitério do Cambará em São Roque, em meio a comoção de amigos e familiares. O caso aconteceu na madrugada de terça-feira para quarta-feira no bairro Guaçu II. O autor do crime, Horácio Nazareno Lucas (28), havia acabado de sair da prisão após cumprir cinco meses de uma condenação de oito anos por estupro a uma prima de sua filha, de 20 anos, deficiente mental.

Ele foi denunciado pelo crime que ocorreu em 2010 e assim que preso jurou de morte a sua então filha. Ao sair da prisão, imediatamente ele seguiu para casa da sua ex-esposa que estava com a sua filha e pediu para que elas retirassem uma outra denúncia contra ele também pelo crime de estupro relacionado a jovem de 13 anos.

Não tendo convencido mãe e filha, ele agrediu sua ex-esposa que conseguiu fugir e buscar ajuda. Neste momento, o criminoso entra na casa e mata a menina a facadas e foge. O Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar de São Paulo junto aos policias da região buscam pelo fugitivo.

 

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *