×
PUBLICIDADE

São Bento empata com o Figueirense e segue sem vencer na Série B

Gabriel Kazuo

6 de maio de 2019
Atualização:06 maio 2019 às 10:41

O São Bento segue fazendo uma campanha muito ruim nesse ano de 2019. Nos cinco primeiros meses do ano, a equipe conseguiu apenas uma vitória, contra o Red Bull, na última rodada do Paulistão, onde foi rebaixado e a campanha inicial na Série B 2019 não está sendo diferente. Jogando no Sábado (04), em Florianópolis, às 11h, os sorocabanos empataram com o Figueirense em 2×2.

Nos primeiros segundos da etapa inicial, o goleiro Henal teve que fazer uma defesa impressionante, se esticando todo para pegar o chute de Felipe Mateus. Dois minutos depois, o Bentão respondeu, com um chute de fora da área de Paulinho, defendido pelo goleiro Dênis e continuou pressionando, com chutes de fora da área, criando boas oportunidades aos 4 e aos 10 minutos, com Cafu e Paulinho.

O Figueirense só respondeu aos 21 minutos do primeiro tempo, na cobrança de escanteio de Tony, que Rafael Marques cabeceou longe do gol. Três minutos depois, o Figueirense chegou novamente de cabeça, com João Diego, e a bola novamente passou muito perto da meta defendida por Henal.

Aos 37 minutos, o Bentão quase abriu o placar com Zé Roberto, que chegou cara a cara contra o goleiro Dênis, driblou o goleiro e chutou para fora, porém, aos 44 do primeiro tempo, Minho foi derrubado na pequena área por Zé Antônio e o árbitro da partida marcou pênalti para o São Bento. Zé Roberto cobrou, e marcou o primeiro gol da partida. O Figueirense respondeu no lance seguinte, onde Tony cobrou falta, Jean testou e Henal teve que fazer um verdadeiro milagre.

Os catarinenses entraram para o segundo tempo com uma alteração: o volante Jean saiu, para a entrada de Júlio Rusch e logo aos 3 minutos da etapa final, o Figueirense empatou a partida com Tony, que pegou o rebote de Henal e empurrou a bola para o fundo das redes.

Após o gol, o técnico Doriva precisou mexer no time. Ele trocou o centroavante Zé Roberto pelo experiente Alecsandro, o meia Cafu, pelo volante Fernandes e o lateral Régis pelo meia Raphael Martinho. O Figueirense também mexeu, o volant5e Kauê saiu, para a entrada do zagueiro Alemão. As alterações favoreceram o São Bento, que aos 20 minutos voltou a estar na frente no placar, com gol de Raphael Martinho, que recebeu passe de Paulinho e chutou forte, sem chances de defesa para o goleiro Dênis.

O gol do time visitante obrigou o Figueirense a mexer no time. O lateral Matheus Destro saiu, para a entrada do meia Matheuzinho, que quase empatou a partida, aos 36 do segundo tempo, após chutar longe do gol. O empate do time da casa saiu aos 40 minutos, com uma falha bizarra do goleiro Henal, que errou ao encaixar a bola e entregou-a no pé de João Diogo, que empatou a partida em 2×2.

Gabriel Kazuo

Formando em jornalismo pela faculdade ESAMC, é jornalista de editoria geral no Correio do Interior. gabriel.kazuo@correiodointerior.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.