×
PUBLICIDADE

Santos e Palmeiras são os primeiros semifinalistas do Paulistão 2019

Gabriel Kazuo

27 de março de 2019
Atualização:27 mar 2019 às 10:37

O Paulistão 2019 conheceu seus primeiros semifinalistas. Santos e Palmeiras avançaram para a próxima fase, na noite de ontem (26/03), e estão a um passo da grande final. Confira a seguir, como foram os jogos:

Red Bull 0x0 Santos:

O Santos foi a primeira equipe a se classificar, empatando em 0x0 contra o Red Bull, em Campinas. Como o primeiro jogo terminou em 2×0 para o Peixe, o empate já serviria. O Santos foi logo para o ataque e criou a primeira chance no primeiro minuto da partida, após o goleiro Júlio César defender um chute a queima-roupa de Eduardo Sasha.

Os quinze minutos iniciais foram de muita pressão, por parte do Santos, com uma boa participação do meia Jean Mota, artilheiro do Paulistão e um dos principais jogadores do alvinegro praiano. O Red Bull perdeu duas boas chances com Aderlan e Deivid, mas Vanderlei estava bem atento nos dois lances.

O primeiro tempo terminou com domínio total da equipe visitante, e no segundo, o Santos continuou pressionando, mas n]ao conseguiu fazer o gol. A equipe agora espera o fechamento da rodada, que acontecerá hoje, para saber quem enfrenta na próxima fase.

Palmeiras 5×0 Novorizontino:

Como era de se esperar, o Palmeiras goleou o Novorizontino no segundo jogo de terça-feira e assegurou a segunda melhor campanha no Paulistão O time também espera o desenrolar dessa rodada, para saber quem enfrenta nas semifinais.

O Palmeiras abriu o placar no primeiro lance da partida. Em cobrança de escanteio do atacante Dudu, Felipe Melo, livre de marcação, testou firme para o fundo das redes. Aos oito minutos, Gustavo Scarpa chutou cruzado, mas Ricardo Goulart não chegou a tempo de concluir sua finalização. O meia faria o segundo gol do Porco no minuto seguinte, em novo escanteio de Dudu, onde o centroavante Deyverson desviou de cabeça, passando a bola para Goulart fazer 2×0 para o Palmeiras.
Após tomar dois gols, o Novorizontino acordou na partida e fez o goleiro Fernando Prass trabalhar, aos 24 minutos, em cabeçada de Jean Patrick. Aos 33, Lucas Ramon chutou forte, e a bola passou rente a trave do goleiro alviverde.

O segundo tempo começou igual ao primeiro, com gol do Palmeiras. Aos dois minutos, o árbitro Vinícius Dias Gonçalves de Araújo acionou o árbitro de vídeo, o VAR, para marcar pênalti para o Verdão, após Éverton Sena desviar a bola com a mão. Gustavo Scarpa cobrou o pênalti, deslocou o goleiro, e fez 3×0 para o time da casa. A vaga para as semifinais estava mais que assegurada.

Em busca de um milagre para se classificar, o Novorizontino chegou aos 10 minutos, Carlinhos errou uma cabeçada cara-a-cara, com o goleiro Fernando Prass. Três minutos depois, Murilo Henrique chutou de fora da área, e obrigou o arqueiro a fazer uma bonita defesa.
Aos 14 minutos, o VAR novamente marcou outro pênalti para o Palmeiras. O centroavante Deyverson foi derrubado na pequena área e Dudu converteu o pênalti. Palmeiras havia chegado ao seu 4º gol. Aos 31 do segundo tempo, o Palmeiras fez seu quinto gol, com Gustavo Scarpa, que recebeu a bola de Bruno Henrique.

Gabriel Kazuo

Formando em jornalismo pela faculdade ESAMC, é jornalista de editoria geral no Correio do Interior. gabriel.kazuo@correiodointerior.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *