Relógios de aparelhos digitais se adiantaram antes do início do horário de verão

Igor Juan

22 de outubro de 2018
Atualização:22 out 2018 às 10:17

Assim como na semana passada, muita gente tomou um susto neste domingo quando, a meia-noite, os relógios – sozinhos – adiantaram em uma hora.

Mas, dessa vez, ao que parece, o problema foi maior e não se restringiu apenas aos celulares. O que aconteceu foi que um protocolo de horário via internet NTF, foi usado como base em muitos aparelhos, Smartphone, computadores, tabletes e relógios digitais para serem atualizando no então “horário de verão”, para serem sincronizado a esses aparelhos, sendo usado anualmente.

Esse protocolo de horário é usado mundialmente por vários governos e nos brasil com a mudança do horário de verão, para o dia 4 de novembro, houve essa grande perca de orientação entre muitas pessoas.  Em questão esses protocolos também conhecidos como servidores, foram sincronizados de modo correto em alguns aparelhos e em outros não, já que existe muitos servidores para esse update (atualização).

A falha no entanto foi do governo brasileiro de não ter comunicado internacionalmente aos técnicos de informação digital das grandes empresas por traz desses servidores/protocolos, como a microsoft sobre a mudança.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *