×
PUBLICIDADE

Fake News leva inúmeras pessoas à outlet em São Roque em anuncio de 400 vagas de trabalho

Igor Juan

22 de agosto de 2018
Atualização:22 ago 2018 às 8:48

Outlet Catarina – Nas últimas 72 horas uma informação surgiu nas redes sociais que no inicio desta semana, mais precisamente no dia 20, segunda-feira,  20 novas lojas em uma ala de expansão do Outlet Catarina seriam inauguradas gerando um total de 400 vagas de emprego.

O anuncio sem qualquer confirmação de fonte  logo gerou uma manada e propagação da informação e muitas pessoas passaram a ir ao shopping para entrega de curriculum na chance de conseguir uma vaga de trabalho, mas se decepcionando à realidade dos fatos.

O Correio do Interior esteve no local e constatou que o número de vagas anunciada nas redes sociais não existe, sendo no geral 160 vagas de trabalho geradas ao moradores locais, levando em consideração o número de funcionários de cada loja por cargos e horários de atividade, no qual boa parte desse número já foi preenchido.

Ressalta-se que a informação dada nas redes sociais anuncia 400 vagas em aberto o que fez com que muitos fosse ao local nesta semana. A administração do Outlet Catarina informou que tal informação anunciada trata-se da geração direta e indireta de 400 vagas de trabalho na expansão – construção da ala e novas lojas, não sendo esse o número de vagas de trabalho final para moradores locais atuarem nas novas lojas.

Leia também:

Pesquisa regional mostra aumento de 150 postos de trabalho em julho

A maior parte das lojas/marcas foram abertas aos clientes antes mesmo do dia 20 e todas elas fizeram e fazem seleção de candidatos quando há vagas disponíveis pela plataforma de emprego InfoJobs, mas isso não impede que as pessoas possam ir pessoalmente as lojas levar os CVs e deixar até mesmo na administração do shopping.

Das novas marcas no Outlet, apenas a Gucci, New Balance, Word Wine, Casa das Cuecas e Diesel ainda não foram inauguradas e estão selecionando candidatos.

Fake News

Ao ver uma informação em uma rede social ou até mesmo em meio de comunicação, é indispensável que primeiramente veja a fonte da informação, assim como a pessoa que lê tal informação, faça uma analise dos fatos e questionamentos quanto ao trecho ou ao todo pela informação duvidosa.  Na duvida sobre a veracidade da informação é recomendado que não compartilhe informações como essa entre outras.

Igor Juan

Jornalista editor-chefe do Correio do Interior desde 2016. Formando pela faculdade ESACM Sorocaba. Atuou na RedeTV! e demais meios de comunicação. Correspondente do Jornal Metrópoles em SP com o Correio do Interior MTB: 0082709/SP.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.