São-roquense “Gatinha da Cracolândia” é presa por tráfico em SP
PUBLICIDADE

São-roquense “Gatinha da Cracolândia” é presa por tráfico em SP

Redação

23 de julho de 2021
Atualização:23 jul 2021 às 17:47

Lorraine Cutier Bauer Romeiro, de 19 anos, natural de São Roque, interior de São Paulo, conhecida popularmente como “Gatinha da Cracolândia”, foi presa nesta quinta-feira (22) em São Paulo. O delegado da Seccional do Centro de São Paulo, Roberto Monteiro, responsável pelas buscas da jovem, disse que ela levava uma vida de luxo sustentada pelo tráfico.

“Ela agia como liderança do tráfico. Nós temos em cada tenda [na Cracolândia] em média dez mesas, que são alugadas de outros traficantes. E ela era líder de um desses segmentos, substituindo seu companheiro, que está preso também por tráfico. Ela ostenta um nível de vida alto, e tudo isso proveniente do tráfico de drogas”, disse Monteiro.

Para não chamar atenção em meio ao fluxo, ela usava capuz, toca e roupas escuras. “Gostava de viver bem, tinha uma vida boa financiada pelo tráfico e exploração dos dependentes químicos da Cracolândia”, afirmou o delegado Roberto Monteiro.

De acordo com investigações, Lorraine apareceu comercializando crack em tendas no ponto “fluxo” de usuários de drogas da Cracolândia, região Central de São Paulo. A advogada de Lorraine, Ana Paula Soares, contou que ainda não teve acesso ao processo e quando tiver, irá tomar um posicionamento.

O pai de Lorraine, o empresário Ricardo Cutier Bauer Romeiro, de 43 anos, foi morto em 19 de agosto de 2014 no centro de Barueri na Grande São Paulo. Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima foi baleada na cabeça no interior do veículo.

Foi acionada a Unidade de Resgate Municipal e o homem foi levado até o Pronto Socorro Central (Sameb), mas não resistiu ao ferimento.

Grande quantidade de drogas

A ‘Princesa da Cracolândia’ foi presa pela equipe da 77º Distrito Policial na casa do namorado, em Barueri, na Grande São Paulo, e confessou estar envolvida no tráfico e indicou o local onde armazenava as drogas em um prédio na rua Helvétia, na Cracolândia.Em uma mochila havia 85 porções de maconha, 295 de cocaína e oito de crack. Foram encontrados também 97 frascos de lança-perfume e 16 comprimidos de ecstasy e R$ 750 em dinheiro

Gatinha da Cravolândia abastecia hotéis, diz polícia

De acordo com o delegado Roberto Monteiro, Seccional Centro, Lorraine foi filmada pelos policiais, vendendo drogas no fluxo da Cracolândia. Ela também ajudava a abastecer os hotéis onde escondiam as drogas.

No local, as equipes encontraram produtos de crime e um esconderijo de drogas. O responsável pelo hotel será conduzido à delegacia.

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e chegacam informações dos fatos diariamente notíciados no jornal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *