×
☰menu
PUBLICIDADE

São Bento dispensa goleiro Renan Rocha

Redação

29 de outubro de 2019
Atualização:29 out 2019 às 8:28

A diretoria do São Bento confirmou na tarde desta segunda-feira (28) mais uma dispensa em seu elenco. O goleiro Renan Rocha não faz mais parte da equipe principal. O atleta chegou a Sorocaba no dia 21 de agosto, participou de 10 jogos com a camisa do Azulão e sofreu 13 gols. A sua última partida foi na derrota para o Coritiba, por 2 a 1, no dia 15, no CIC.

Renan é o oitavo atleta a rescindir contrato com o Azulão nas últimas semanas. Os atacantes Cafu e Wilson; os volantes Vinícius Kiss Paulo Vinícius; os zagueiros Guilherme Mattis e Wesley; além do meia Fabrício Oya (ainda não confirmado oficialmente pela direção), também deixaram o clube sorocabano.

“Só saíram jogadores que achávamos que teriam pouca sequência. Nós optamos por (cortar) jogadores que teriam pouca chance de jogar. Por características, por ter outros atletas na frente. São todos jogadores com um caráter extraordinário, não tenho nada a dizer de nenhum. Foi um momento do clube, de estratégia, para tentarmos movimentar algumas situações”, explicou o técnico Milton Mendes.

Com o empate do último sábado contra o Guarani, por 1 a 1, e os resultados da rodada, a distância do São Bento, lanterna da competição com 28 pontos, para o primeiro time fora da zona do rebaixamento, aumentou. Agora, o Londrina é o 16º colocado, com 35. A diferença é de sete pontos e faltam sete rodadas para o fim do campeonato.

Para quem imagina que as dispensas sejam um sinal de que a diretoria já não acredita na recuperação, o técnico faz o contraponto. “Tenho que dizer para o nosso torcedor que ficou mais difícil, mas nós ainda temos chances, temos possibilidades. Eu não vou jogar a toalha e falei para os jogadores: nós não vamos jogar a toalha. Enquanto tivermos condições matemáticas, vamos honrar a camisa que vestimos, vamos lutar muito. Aconteça o que acontecer, vamos ser dignos”, analisou o técnico.

O clube sorocabano terá mais uma semana cheia de trabalho para a próxima partida, contra o Criciúma, em Santa Catarina, no sábado, às 19h. O adversário também está na zona da degola. É o 19º colocado, com 30 pontos. O técnico Milton Mendes admitiu que terá que atacar o individual dos atletas ao longo dos treinamentos, já que mais uma vez, um erro custou pontos para o Azulão.

“Acredito que essa semana a gente tenha que tocar nos pontos mais doídos. Entrar no individual muito mais forte para que as coisas não voltem a acontecer. Os jogadores, que são o mais importante para mim, nunca deixaram de lutar. Nunca jogaram a toalha. Nunca colocaram as suas prioridades individuais à frente do coletivo”, avaliou.

Redação

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e checam informações dos fatos diariamente noticiados no jornal

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *