Professores estaduais anunciam greve em São Paulo
PUBLICIDADE

Professores estaduais anunciam greve em São Paulo

Gabriel Kazuo

8 de fevereiro de 2021
Atualização:08 fev 2021 às 11:47

Os professores da rede estadual das 645 cidades do Estado de São Paulo declararam greve contra o retorno das aulas presenciais, na manhã de segunda-feira (08). A informação foi dada pela Apeoesp, que representa a categoria.

O Sindicato pede que os professores permaneçam com o trabalho remoto, e que não compareçam para as escolas no retorno das atividades presenciais. ”Queremos continuar em trabalho remoto, enquanto todos não forem vacinados. Nossos alunos são crianças e adolescentes e ainda têm comportamento sem consequências. É uma piada comparar escola com comércio. No comércio, as pessoas passam e nas escolas ficamos durante seis horas em ambiente desfavorável”, disse a Apeoesp, em nota.

Quase 82% dos professores aderiram ao movimento. O sindicato entende que o momento da pandemia em todo o Estado e a lentidão da campanha de vacinação impedem que o retorno das aulas presenciais seja possível: ”As escolas não apresentam a mínima infraestrutura. Recebemos a todo momento fotos e vídeos de professores mostrando banheiros quebrados, lixo acumulado, goteiras, álcool em gel vencido. E tudo isso já está causando consequências graves. A Apeoesp fez um levantamento em que constatou até agora 147 casos de covid em escolas. Todas tiveram algum tipo de atividade presencial. Imagine o que vai acontecer quando milhões de estudantes voltarem para as aulas presenciais no Estado”.

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e chegacam informações dos fatos diariamente notíciados no jornal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *