PUBLICIDADE

Professor de arte marcial vira super-herói reverenciado em Araçariguama após bater em criminoso

Igor Juan

13 de outubro de 2019
Atualização:13 out 2019 às 11:46

Em Araçariguama um professor de arte marcial, está sendo reverenciado e tratado como um super-herói pelas redes sociais e nas ruas da cidade após ter batido em um jovem de 18 anos que tem roubado e perturbando estudantes e demais pessoas pela cidade.

O professor Carlos Fustini que da aulas particulares de Box Chinês, começou a ser reverenciado e tratado como super-herói depois que indignado com uma situação no qual um jovem de 18 anos estava frequentemente roubado comerciantes e estudantes pela cidade,  encontrou ele em mais uma de suas párticas, roubando o celular de um estudante em via pública.

Ao se deparar com o fato o professor que já tinha conhecimento dos crimes cometidos pelo jovem, logo interviu na situação e entrou em luta com ele que ficou com inúmeras lesões pelo corpo.

Insolente o jovem junto com seus pais ainda foram buscar consolação pelas redes sociais, mostrando que havia sido agredido pelo professor de arte marcial e exibindo os ferimentos pelo rosto. Mas o que o jovem não esperava era que revoltadas, muitas de suas vítimas comentaram o post feito por ele, só que reverenciado ação do professor.

O caso aconteceu na sexta-feira (11), no bairro Cintra Gordinho e em poucas horas Carlos se tornou conhecido por toda cidade e em meio a situação. Muitas pessoas se identificaram como vítima do jovem. Ao Correio do Interior, Carlos Fustini disse que muitas pessoas entraram em contato com ele agradecendo por ter batido no jovem, mas ele disse que apenas deu a ele o que merecia e que não aguentava mais ver e ouvir pessoas se queixando dos crimes cometidos por ele.

Um comerciante local fez contato com Carlos e disse a ele que o jovem infrator havia roubado recentemente sua moto e que o caso foi relatado as autoridades, mas que nada foi feito e assim de modo livre ele roubava e aterrorizava muitas pessoas na cidade.

Ainda ao Correio do Interior, o professor disse que muitas pessoas na cidade esperam que medidas cabíveis sejam tomadas quanto ao rapaz que já acumula inúmeros problemas na cidade e envolvimento com o crime. Carlos ainda disse que o jovem anda armado com uma faca pela cidade.

“Fui obrigado a ter que dar essa lição a ele, não fiquei feliz com a situação, mas tive que intervir diante ao roubo e por muitas outras situações que tem tirado a paz das pessoas.” Disse Carlos.

No post feito pelo jovem, se passando de coitado e dizendo que iria buscar justiça, algumas pessoas chegaram a dizer que foi pouco para ele e que apoiavam ação do professor.

Em março deste ano um jovem foi detido em frente a uma escola no bairro Terra Baixa, realizando tráfico de drogas, e no dia 26 de setembro uma jovem também foi detida após tentar atacar uma colega de escola em frente a unidade escolar com uma faca. A Polícia Civil de Araçariguama informou que as pessoas que tenham sido vítima de roubo e furto do jovem identificado como Paulo Rodrigues, que façam o boletim de ocorrência para que ela possa responder pelo crimes, e ressalta que fazer justiça propriamente não é o ideal.

O Correio do Interior brevemente levantou as informações criminais do jovem, no qual foi constatado registros de tráfico de droga e porte de arma.

Igor Juan

Jornalista editor-chefe do Correio do Interior. Formando pela faculdade ESACM Sorocaba. Atuou na RedeTV!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *