×
☰menu
PUBLICIDADE

Policiais matam 25 membros de facção criminosa que iria atacar banco

Igor Juan

1 de novembro de 2021
Atualização:01 nov 2021 às 11:51

Uma operação Policial com agentes da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF), causou a morte de 25 suspeitos de uma facção criminosa conhecida como  “Novo Cangaço”.

O caso ocorreu em Varginha, interior de Minas Gerais, no domingo 31 de outubro.

As mortes ocorreram em meio a um confronto, que segundo a Polícia Militar e Rodoviária, foi uma  emboscada em duas chácaras, em um dos imóveis 18 homens foram mortos em troca de tiros. Já em outro imóvel mais 7 foram mortos.

A quadrilha era investigada já havia um período por roubo a bancos. No locais das mortes foram apreendidos 10 fuzis, munições, coletes à prova de bala e 10 veículos roubados, além de mais  3 armas calibre ponto 50 e granadas de uso do exército brasileiro.

Em nota a Polícia Militar de Minas Gerais informou que todos os feridos foram socorridos, porém nenhum sobreviveu.

A capitã da Polícia Militar mineira Layla Brunnela publicou vídeo nas redes sociais no qual aponta que “provavelmente” esta se trate da “maior operação referente ao “Novo Cangaço” no país. De acordo com ela, “muitos infratores fariam um roubo a banco e foram surpreendidos pelo serviço de inteligência da Polícia Militar”.

A Polícia Federal (PF) será notificada da ocorrência, e a Polícia Militar de Minas concederá entrevista coletiva ainda hoje para dar maiores explicações, mas não deu previsão de horário.

Com informações de Olavo David - Metrópoles

Igor Juan

Jornalista editor-chefe do Correio do Interior desde 2016. Formando pela faculdade ESACM Sorocaba. Atuou na RedeTV! e demais meios de comunicação. Correspondente do Jornal Metrópoles em SP com o Correio do Interior MTB: 0082709/SP.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *