Polícia pede ajuda à 99 sobre investigação de motorista encontrada carbonizada em São Roque

Igor Juan - Correio do Interior

17/01/2020 l Atualização 17/01/2020 às 14:01

A Polícia  Civil pediu ajuda a empresa de transporte por aplicativo – 99,  sobre o histórico de viagens da motorista encontrada carbonizada dentro de um carro em São Roque, na manhã de quarta-feira (15).

O corpo foi identificado inicialmente por familiares, como sendo de Amanda Pereira Agustinho Giovanetti, de 29 anos, que desapareceu no dia 9 de janeiro na cidade de Limeira.

A Polícia espera obter informações mais precisas sobre os itinerários e corridas realizadas por Amanda que no dia do desaparecimento avisou os familiares que iria realizar uma viagem com um passageiro à São Paulo.

A mãe e o padrasto confirmaram no Instituto Médico Legal de Sorocaba (SP) que o corpo é da motorista. Em seguida, os dois foram à delegacia e prestaram depoimento. O caso continua sob investigação.

A empresa 99 lamentou a morte da motorista, e informou a imprensa e autoridades que a última corrida realizada por Amanda ocorreu no dia 14 de janeiro e foi encarrada sem problemas.

Carro carbonizado em São roque

Na manhã de quarta-feira (15), uma equipe dos Bombeiros recebeu uma ligação por volta das 10h relatando que havia um veículo em chamas na Estrada Ernesto Stokler de Lima. Ao chegar ao local, encontraram o corpo.

A vítima estava no banco de trás do carro, uma das portas estava aberta. Dentro do veículo foram encontrados um aparelho celular, um relógio e uma cápsula de munição de arma.

Fora do veículo também havia uma cápsula, caída próximo à porta do motorista, e uma caixa de fósforos, segundo o registro. O caso foi registrado na delegacia de São Roque e segue sob investigação.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *