Pela sétima vez ao ano, Hospital de Mairinque suspende atendimentos em situação de greve


02/09/2019 l Atualizada em - 02/09/2019 às 20:11

Desde sábado, quem necessita de atendimento médico em Mairinque e vai até o Hospital da cidade, encontra a unidade sem atividade.

Os profissionais que atuam na unidade hospitalar paralisaram os serviços por falta de pagamentos, de acordo com eles.  A informação é de que a empresa responsável pelo gerenciamento do quadro de funcionários, não está pagando os salários ao médicos e demais profissionais, como os enfermeiros.

O Correio do Interior tentou contato com o Instituto CISNE, que gerencia os trabalhos e os profissionais na hospital, mas não teve retorno até o fechamento desta matéria. Ainda de acordo com os funcionários, os salários estão atrasados há dois meses.

Além dos débitos em atraso, a unidade também enfrenta dificuldade com a falta de remédios. Responsável pelo repasse de verba ao Instituto pelo pagamento de serviços prestados, a Prefeitura de Mairinque não quis se pronunciar sobre o caso.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *