Palmeiras poderá dispensar Thiago Santos


03/12/2019 l Atualizada em - 03/12/2019 às 11:12

Após promessa do presidente Maurício Galiotte, que dispensaria quem não estivesse jogando com vontade pelo Verdão, o clube já começa a elaborar a lista de dispensa para 2020

O Palmeiras já tem o primeiro nome da lista de jogadores, que encabeçarão a ”barca” do Verdão, para 2020. Trata-se do volante Thiago Santos, reserva imediato de Felipe Melo e Bruno Henrique, na posição, que irá para o FC Dallas, dos EUA.

Contratado no início da gestão Alexandre Mattos, em 2015, e após o ”quase” rebaixamento do clube para a Série B, em 2014, Thiago Santos foi uma das revelações do América MG, daquele ano. Apesar de nunca ser titular, ele era o reserva imediato dos principais volantes da equipe.

O Palmeiras receberá 1 milhão de dólares pelo atleta, que na cotação atual, valem R$ 4,2 milhões de reais. Com o alto valor do dólar hoje, o dinheiro recebido pela venda do jogador será muito útil para o Alviverde, no ano que vem, pois abaterá parte da dívida de 170 milhões de reais, que ele tem com a patrocinadora da equipe. O Verdão ainda possui 100% dos direitos do jogador, o que significa que a quantia total da venda de Thiago Santos irá para os cofres do time.

Após a entrevista coletiva dada após a derrota para o Flamengo, na noite de Domingo (01), Maurício Galiotte afirmou, categoricamente, que irá rever os contratos de jogadores que, na visão da diretoria alviverde, não estejam se dedicando ao máximo em vestir a camisa do Palmeiras. Uma grande ”barca” de jogadores deixará o clube, a partir deste mês, e Thiago Santos é o primeiro nome desta lista, embora não seja o principal culpado pelos vários insucessos do clube, desde que se tornou um clube milionário, quatro anos atrás.

Para a posição de Thiago Santos, o Palmeiras promoverá dois jogadores da base: Patrick de Paula e Gabriel Menino, dois destaque do sub-20 do Verdão, brigarão pelo posto de reserva imediato dos principais volantes do elenco.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *