Padeiro encontrado morto em Mairinque foi morto por funcionário de 18 anos


07/08/2019 l Atualizada em - 07/08/2019 às 13:09

A Polícia Civil de Mairinque informou nesta quarta-feira (07), que o comerciante, dono de uma padaria no bairro Residencial Parque, encontrado morto na manhã de terça-feira (06), foi morto por um funcionário de 18 anos.

Os investigadores  informaram que em trabalho de investigação imediata, descobriu-se que um dos funcionários do local, um jovem de 18 anos não teria ido trabalhar na data do crime, e que em analise de imagens de câmeras de segurança ele foi visto no local do ocorrido e entrando na casa da vítima, que morava no segundo andar do prédio em que a padaria funciona.

Levado a delegacia, o jovem confessou ter matado o ex-chefe em legitima defesa, de uma tentativa de abuso sexual. Em detalhes, o jovem que é praticante de artes marciais, disse que aplicou um golpe na traqueia do comerciante Jose Luiz.

A prisão do jovem foi expedida por cinco dias, para que a Polícia possa apurar demais situações e pontos do crime. A Polícia informou ainda que não acredita nesta versão dada pelo então autor do crime, e já trabalha com uma outra linha de investigação.

O jovem de 18 anos, estava trabalhando na padaria a pouco tempo vindo da Bahia. O advogado de defesa do jovem não foi localizado.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *