O que mudou nos hábitos dos brasileiros no pós-pandemia

Gabriel Kazuo

22 de julho de 2021
Atualização:22 jul 2021 às 17:02

A pandemia de Covid-19 completou 16 meses no Brasil, e com ela, a vida e os hábitos dos brasileiros sofreram uma reviravolta. Mesmo com o fim das medidas restritivas mais severas, vários hábitos da pandemia se tornarão tendência, segundo pesquisa da EY-Parthenon.

A empresa de consultoria estratégia ouviu, entre janeiro e fevereiro de 2021, cerca de 1007 brasileiros, que disseram que manteriam os seguintes hábitos:

  • Comer mais em casa, e menos fora;
  • Trabalhar em Homeoffice;
  • Usar mais transporte particular;
  • Procurar lazer fora de casa;
  • Comprar menos e com mais consciência;
  • Ter maior consciência sobre as dificuldades financeiras e sociais que o Brasil enfrenta na pandemia.

Cerca de 70% da população ouvida disse que mudaria hábitos com alimentação, optando por fazer a maioria das refeições em casa, e se aprimorando mais na arte da culinária. 99% deles disseram já estar acostumados com o homeoffice, e que esta será uma nova tendência no mercado de trabalho.

Em relação ao transporte, 64% disseram que parariam de pegar transporte público0, optando mais pelo transporte pessoa. Isso acontece pois é justamente nesses locais que possuem maior aglomeração de pessoas, e maior transmissibilidade de doenças.

Hábitos relacionados ao Lazer e Consumo

Dentre todos os hábitos da rotina do brasileiro, o que mais eles sentiram falta foi o do lazer fora de casa. Mesmo dizendo que preferem se alimentar mais em casa, 83% desejam frequentar novamente bares e restaurantes.  78% também disseram sentir falta de viajar de avião.

Em relação ao consumo, 82% disseram estar mais atentos aos preços dos produtos, e outros 78% disseram que prestariam atenção na qualidade, se não provoca algum risco à Saúde. Em relação aos Serviços, um fator que mais é levado em conta é o Atendimento ao Cliente e a Responsabilidade Social da Emopresa.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *