Mulher sobreviveu a sete tiros usando Bíblia como escudo no Brasil

Redação

23 de junho de 2021
Atualização:23 jun 2021 às 19:16

Uma mulher de 32 anos sofreu um ataque a tiros dentro de sua própria casa em Chácara Parreiral, Vitória (ES). Mas sobreviveu a tentativa de assassinato e conta que usou a Bíblia Sagrada como escudo para se proteger dos disparos.

A vítima, que preferiu não revelar sua identidade, revela que no dia do crime estava lendo a Bíblia na varanda, quando dois homens invadiram a casa dela e começaram a atirar à queima-roupa. Segundo ela, um homem virou para o outro e perguntou se “era ela mesma”.

“Eu vi dois rapazes se aproximando, até então eu não imaginava que era para mim, pensei que iam se esconder. Quando eles se aproximaram e atiraram em mim, eu só coloquei a Bíblia na cabeça e pedi ao Senhor que me guardasse”, conta a vítima.

De acordo com o site Folha Vitória, a mulher permaneceu consciente durante todo o tempo do ataque. No total, foram quase 20 tiros disparados, dos quais as marcas estão espalhadas pelos móveis da casa.

Segundo a vítima, os criminosos pararam de atirar ao mesmo tempo. Ela acredita que as armas tenham travado, porque a dupla apertava os gatilhos, mas nada saía, foi neste momento que eles fugiram. Então ela saiu com a Bíblia na mão, toda ensanguentada e foi para de seu pai, onde esperou por socorro. Enquanto isso, já havia muitas pessoas na rua assustados pelos barulhos dos disparos.

E no percurso para o Hospital, ela disse que entendia que aquele era um novo nascimento. “Eu só falava assim, Senhor me mantenha viva”, disse a mulher.

Os ferimentos sofridos pela mulher foram tiro de raspão na cabeça, no maxilar, no dedo, no peito, no braço, na perna; e uma das balas está alojada no pulmão.

Dificuldades 

A vítima se mudou de bairro e de cidade, por medo. Enquanto isso, a mãe de quatro crianças e o marido, que precisou pedir demissão para cuidar dos filhos, estão sem renda e morando de favor.

“A gente tá passando por algumas dificuldades. Graças a Deus, o Senhor não tem deixado faltar, mas não estamos tranquilos”, confessou ela.

Apesar disso, a mulher reconhece que vivenciou um milagre.

“Deus deu uma segunda chance para eu ser uma mãe melhor para meus filhos e uma esposa melhor para meu marido. Desde o dia que aconteceu isso comigo, eu não sou mais a mesma pessoa”, concluiu.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *