Missa da Santa Ceia teve homenagem a médicos em Aparecida
PUBLICIDADE

Missa da Santa Ceia teve homenagem a médicos em Aparecida

Gabriel Kazuo

2 de abril de 2021
Atualização:02 abr 2021 às 11:26

A Missa da Ceia do Senhor, realizada nesta quinta-feira (01), no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), prestou uma linda homenagem para médicos e enfermeiros que estão na linha de frente contra a Covid-19.

Celebrada pelo bispo Dom Orlando Barnes, a Missa da Santa Ceia contou com a participação de 12 médicos e enfermeiros que atuam em vários hospitais de Aparecida e também no Santuário Nacional, que encenaram o momento do ”Lava-Pés”.

Dom Orlando elogiou bastante o trabalho de médicos e enfermeiros em todo o Brasil, que estão lutando para salvar a vida de muitos brasileiros da Covid-19. Segundo ele, o ato de ajudar o próximo é exatamente seguir os ensinamentos de Jesus, que instituiu o Lava-Pés antes de sua morte.

Também diferentemente do ano passado, não houve a habitual Transladação do Santíssimo Sacramento no final da missa. Ao invés disso, a saída do bispo e dos padres no final da celebração foi marcado por um minuto de silêncio, para que os fieis possam orar pessoalmente.

Todas as missas do Tríduo Pascal podem ser acompanhadas pela TV Aparecida, canal 195 da NET, e pelo Portal A12, além das redes sociais do Santuário.

O sentido do Lava Pés e da Santa Ceia

Já sabendo que ia ser traído e morto na Cruz, Jesus resolveu chamar seus 12 discípulos para celebrar a Páscoa judaica com ele. Sentado à mesa, Jesus revelou que um dos discípulos iria traí-lo. Após isso, ele tomou um pedaço de pão e um cálice de vinho e instituiu a Santa Eucaristia:

Enquanto comiam, Jesus tomou o pão, e, abençoando-o, o partiu, e deu aos seus discípulos dizendo: Tomai, comei, isto é o meu Corpo. E, tomando o cálice e dando graças, deu-lhes dizendo: Bebei dele todos. Porque isto é o meu sangue, o Sangue do Novo Testamento, que é derramado por muitos, para a remissão dos pecados” (Mateus 26; 25-29).

No Evangelho de João, a cerimônia do Lava Pés é descrita como uma forma de Jesus demonstrar um lindo gesto de amor e fraternidade para com os discípulos, para que eles sejam também fraternos e solidários com o próximo. O ato de lavar os pés é uma metáfora que significa ter empatia e carinho com o irmão necessitado:

”Se eu, pois, sendo Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros porque vos dei exemplo, a fim de que, como eu fiz, assim façais vós também. Em verdade, em verdade vos digo que o servo não é maior do que seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou. Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes.” (João 13, 14-17).

Gabriel Kazuo

Formando em jornalismo pela faculdade ESAMC, é jornalista de editoria geral no Correio do Interior. [email protected]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *