Menina de 12 anos é estuprada dentro de escola estadual Paulo Freire


11/11/2019 l Atualizada em - 11/11/2019 às 12:46

Uma menina de 12 anos foi estuprada durante o horário de aula dentro de uma escola estadual, em Osasco O crime aconteceu na manhã do dia 7 de novembro – quinta-feira, na Escola Paulo Freire,  no Jardim Aliança.

A mãe da estudante relatou ao Correio do Interior que  recebeu uma ligação da professora, pedindo que ela fosse até a escola pois havia ocorrido um problema com sua filha. Quando chegou na escola, percebeu que havia viaturas da Polícia Militar e representantes do Conselho Tutelar. Foi então que recebeu a notícia de que a filha havia sido violentada.

A criança foi levada, primeiro, a um hospital de Osasco, onde foi constatado ao abuso. Mas, devido à gravidade dos ferimentos, foi transferida ao Hospital Perola Byington, na Capital, onde passou por cirurgia. A unidade é referência em atendimento a vítimas de violência sexual.

Menina foi atacada por desconhecido

A menina contou à mãe e à polícia como tudo aconteceu. Segundo ela, um colega de sua turma a chamou para buscar uma flor em uma determinada área da escola, mas quando chegou lá o menino a deixou sozinha. Um homem então se aproximou e se identificou como Bruno e disse que era aluno da escola e que estudava no período noturno. Na sequência, disse que o homem começou a tirar a roupa dela e a ameaçá-la de morte, caso ela gritasse.

A vítima  está no 6º ano do Ensino Fundamental e estuda há um ano na escola. Em nota a Diretoria Regional de Ensino de Osasco afirmou repudiar todo e qualquer ato de violência e que a escola colabora com a Polícia Civil para investigação do caso. A Diretoria Regional de Ensino vai instaurar uma apuração preliminar e encaminhará um supervisor à unidade. O caso foi registrado na 4º Distrito Policial de Osasco, como estupro de vulnerável.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *