Latam recebe multa milionária após desrespeitar passsageiro
PUBLICIDADE

Latam recebe multa milionária após desrespeitar passsageiro

Gabriel Kazuo

17 de agosto de 2021
Atualização:17 ago 2021 às 13:07

A empresa de aviões Latam deverá pagar uma multa de R$ 3 milhões de reais, no Estado do Mato Grosso, por desrespeitar direitos de um passageiro autista e divulgar informações falsas sobre o uso de máscaras em seus voos no Estado.

A multa do Procon do Mato Grosso se refere à uma denúncia de dezembro de 2020, no interior do Estado, onde uma família que tinha uma criança autista foi impedida de embarcar no avião, por causa do menino autista estar sem máscara.

Segundo a Justiça, a Latam descumpriu uma norma federal, que desobriga crianças autistas ou portadores de deficiência a usarem máscara, por não conseguirem usá-las da maneira adequada. Ainda por cima, a empresa de aviões foi denunciada por divulgar informações incompletas sobre o assunto, dizendo que só bebês poderiam embarcar sem a proteção.

A decisão ainda cabe recurso, e em nota, a empresa apenas afirmou que está colaborando com a Justiça. O Procon-MT ainda disse que outras companhias do Estado também estão aplicando as mesmas irregularidades.

Por que autistas não são obrigados a usarem máscara?

Por conta da deficiência, pessoas autistas tem muita dificuldade de usarem a máscara facial, pois muitos não conseguem ”compreender” como isso é importante. Entretanto, há casos em que o autista entende a necessidade e usa a máscara sem problemas, mas na maioria das vezes, esse ato se torna algo difícil.

Esse problema é chamado de transtorno de processamento sensorial, e em casos mais graves, o autista, por não entender ou compreender o que está acontecendo, pode apresentar sinais de agressividade. E é por conta desse problema neurológico que o Governo Federal criou esta Lei, que desobriga-os a usar máscara em locais públicos.

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e chegacam informações dos fatos diariamente notíciados no jornal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *