Justiça marca para outubro júri popular de Júlio Ergesse, acusado na morte de Vitória Gabrielly
PUBLICIDADE

Justiça marca para outubro júri popular de Júlio Ergesse, acusado na morte de Vitória Gabrielly

Igor Juan

21 de agosto de 2019
Atualização:21 ago 2019 às 18:25

Está marcado para o dia 21 de outubro o júri popular de um dos três acusados de participar do assassinato da adolescente Vitória Gabrielly  de 12 anos, morta por engano em junho de 2018 em Araçariguama,  em um ação do tráfico de drogas.

A data foi marcada pela Justiça. O júri será do servente de pedreiro Júlio Ergesse, dos três acusados da morte da menina. Vitória Gabrielly ficou desaparecida por oito dias depois que saiu para andar de patins e foi encontrada morta em uma área de mata na cidade. O julgamento irá acontecer às 9h no Fórum de São Roque.

Já os demais acusados, o casal Bruno e Mayara não tiveram a data do julgamento definida. A defesa do casal entrou com recurso na Justiça para tentar impedir a decisão de júri popular.

A defesa de Júlio Ergesse afirmou que também irá recorrer da decisão sobre o júri. O advogado contesta o envolvimento de Júlio no crime. Durante a investigação, o servente de pedreiro chegou a dar várias versões diferentes sobre o caso.

Os três foram presos acusados de participação direta na morte da menina. Júlio, Bruno e Mayara estão na penitenciária de Tremembé, no Vale do Paraíba. Eles já foram ouvidos pelas polícia e Justiça e negaram os crimes.

Investigação

O inquérito de investigação da de Vitoria contém 1.774 páginas e foi encaminhado à Justiça no ano passado. Na época do crime, a polícia apurou que Vitória foi raptada por engano para que uma dívida de drogas fosse quitada. A menina teria sido morta depois que os criminosos perceberam que estavam com a pessoa errada.

Júlio Ergesse será julgado em Júri Popular no dia 21 de outubro

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e chegacam informações dos fatos diariamente notíciados no jornal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *