×
☰menu
PUBLICIDADE

Jundiaí é a segunda melhor cidade do Brasil em qualidade de vida

Gabriel Kazuo

15 de fevereiro de 2021
Atualização:12 dez 2021 às 23:23

Jundiaí é a segunda melhor cidade do Brasil para se viver, segundo levantamento do Índice de Desafios da Gestão Municipal. O anúncio desse ranking foi anunciado nesta quinta-feira (11), em parceria com uma empresa de consultoria.

O ranking das 100 melhores cidades para se morar no Brasil leva em conta os seguintes fatores: Educação, Saúde, Segurança Pública e Saneamento. O top-20 é formado pelas seguintes cidades:

1º Maringá- 0,756

2º Jundiaí- 0,746

3º Rio Preto- 0,744

4º Piracicaba- 0,743

5º  São José dos Campos- 0.740

6º Franca- 0,734

7º Curitiba- 0,733

8º Taubaté- 0,730

9º Campinas- 0,729

10º Vitória- 0,726

11º Cascavel- 0,722

12º Limeira, Santos e Sorocaba- 0,720

15o Belo Horizonte- 0,718

16º Ribeirão Preto- 0,717

17º Uberlândia e Londrina- 0,714

19º São Paulo- 0,713

20º São Bernardo do Campo- 0,712

**Quanto mais perto de 1, melhor é a qualidade de vida da cidade**

Analisando cada um dos quesitos, Jundiaí se destaca na questão do Saneamento Básico, ocupando a sétima colocação. Outro ponto levado em conta é a geração de renda e formação de empregos. Em relação ao ano anterior, o município subiu três posições, ficando à frente inclusive de capitais, como Curitiba (7º), Belo Horizonte (15º) e São Paulo (19º).

Educação

Analisando cada cidade, tema por tema, podemos destacar que, em termos de Educação, Piracicaba apresenta o melhor índice, com 0,699, e é seguida por Limeira e São José dos Campos. O top-10 das cidades com melhores índices no IDGM nesse setor são:

1º Piracicaba- 0,699

2º Limeira- 0,687

3º São José dos Campos- 0,684

4º Praia Grande- 0,681

5º Maringá- 0,680

6º São Bernardo do Campo e Rio Preto- 0,678

8º Jundiaí- 0,670

9º Franca- 0,669

10º Sorocaba e Joinville- 0,667

Saúde

O IGDM avalia as seguintes cidades com melhores qualidades em Saúde Pública:

1º Florianópolis- 0,740

2º Vitória- 0,721

3º Curitiba- 0,714

4º Palmas- 0,705

5º Montes Claros, Maringá e Joinville- 0,689

8º Sumaré- 0,688

9º Belo Horizonte- 0,681

10º Cascavel- 0,675

** Esse é o único ranking onde as cidades paulistas apresentaram pior desempenho.

Segurança Pública

Para o IGDM, as 10 cidades mais seguras são:

1º São Paulo- 0,935

2º Santos- 0,916

3º Mauá e São Bernardo- 0,911

5º Santo André- 0,910

6º Taubaté- 0,907

7º Guarulhos- 0,902

8º Carapicuíba- 0,900

9º Nova Iguaçu- 0,899

10º Itaquaquecetuba- 0,898

Saneamento Básico e Sustentabilidade

As 10 cidades que mais cuidam desse assunto, segundo o índice são:

1º Santos- 0,984

2º Franca- 0,970

3º Maringá- 0,969

4º Uberaba e Curitiba- 0,965

6º Cascavel- 0,962

7º Jundiaí- 0,960

8º Niterói- 0,959

9º Taubaté- 0,958

10º Londrina- 0,949

Gabriel Kazuo

Formando em jornalismo pela faculdade ESAMC, é jornalista de editoria geral no Correio do Interior. gabriel.kazuo@correiodointerior.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *