Itu, Sorocaba e São Roque registram casos de coronavírus
PUBLICIDADE

Itu, Sorocaba e São Roque registram casos de coronavírus

Igor Juan

27 de fevereiro de 2020
Atualização:27 fev 2020 às 14:24

As cidades de São Roque, Sorocaba e Itu estão atentas quanto os casos suspeitos de coronavírus em cada um dos municípios. No casos das três cidades, ambas as pessoas estiveram em viagem à Itália, e ao retornarem para o Brasil passaram apresentar os sintomas do vírus que tem sido registrado em todo o mundo.

Em Itu, o caso foi registrado em uma mulher de 55 anos que levada ao Hospital São Camilo apresentou os sintomas.A secretaria de saúde da cidade confirmou o caso suspeito e destacou que a paciente já está em isolamento em sua casa, sendo monitorada por agentes de saúde.

Em São Roque o caso em monitoramento é de um homem de 40 anos, ele também esteve no norte da Itália, onde casos de COVID-19 tem surgido. Em nota, a prefeitura informou que o homem  encontra-se em sua casa após ter ficado internado em São Paulo.

Em Sorocaba , a Secretaria da Saúde e a Vigilância Epidemiológica, receberam na noite de quarta-feira (26) a notificação de um caso suspeito, sendo um jovem de  24 anos, que esteve em viagem na Itália nos últimos 14 dias. Ele apresentou febre acompanhada de sintomas respiratórios leves.

O paciente foi atendido numa Unidade de Pronto Atendimento de Sorocaba, local onde foram respeitados todos os critérios de higiene e etiqueta respiratória. O paciente encontra-se bem e mantido em isolamento domiciliar. As amostras para exames já foram coletados e enviados ao Instituto Adolf Lutz (IAL).

A família do paciente foi orientada com as medidas preventivas de contato e o suspeito da doença será monitorado diariamente pela Vigilância Epidemiológica até o resultado dos exames. Ainda não há previsão do resultado, mas assim que concluído, será divulgado a toda imprensa. Vale ressaltar, que oficialmente, a cidade registrou apenas um caso suspeito.

Prevenção

A contaminação se dá através de gotículas que saem da pessoa infectada por meio de tosse, espirro e fala. O vírus pode estar em qualquer superfície: em maçanetas, mesas, bancadas. Você pode tocar nessas superfícies, contaminar a mão, e depois tocar rosto, boca e olhos, que são portas abertas para o vírus entrar no organismo.

A higienização pode ser feita com água e sabão ou álcool gel, mas nunca apenas com água. Além das mãos, também, é recomendável limpar com desinfetantes aquelas superfícies que possam estar infectadas, mantendo-se uma distância mínima de um metro de pessoas que estejam espirrando ou tossindo.

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e chegacam informações dos fatos diariamente notíciados no jornal.

1 Comment

  1. DalterLS

    29 de fevereiro de 2020 às 14:04

    Voltam de uma região contaminada para disseminar ainda mais. Só falta dizer que deram longos abraços familiares aos prantos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *