PUBLICIDADE

Irmão de amigo de Bolsonaro morre em queda de avião em SP

Igor Juan

14 de setembro de 2021
Atualização:14 set 2021 às 12:56

Na manhã de terça-feira (14), a queda de uma avião de modelo King Air 360 prefixo PS-CSM causou a morte de Celso Silveira Mello Filho, irmão do amigo do Presidente Jair Bolsonaro, o empresário Rubens Ometto  No avião estava Celso, seus filhos e sua esposa, totalizando 7 tripulantes. Todos eles morreram.

Celso era empresário do setor de agronegócio. O acidente ocorreu na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo.

De acordo com os bombeiros, o avião sendo de pequeno porte decolou do aeroporto de Piracicaba às 8h40 da manhã e caiu minutos depois em uma área de mata ao lado da Fatec – Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo.

Seis viaturas da corporação foram enviadas ao local para atender a ocorrência e conter as labaredas de fogo causadas pela explosão da aeronave. Ainda segundo o porta-voz dos bombeiros, Major Palumbo, todos os tripulantes  abordo no voo morreram logo após a queda e explosão.

O avião era de propriedade da CSM Agropecuária, empresa de Celso Silveira de Mello Filho. Os tripulantes, sendo Celso, sua esposa, filhos e piloto e copiloto da aeronave podiam ter sobrevivido se houvesse apenas a queda, mas aeronave bateu em um barranco e devido ao impacto ocorreu a explosão, não tendo chance de socorro aos tripulantes.

Diversos vídeos, que circulam nas redes sociais, mostram diferentes ângulos do acidente. Em um deles o circuito d monitoramento de uma casa mostra área em que o avião cai em alta velocidade e explode.

Celso era empresário do mundo de agronegócio e ficou conhecido nacionalmente após uma ação da justiça identificar uma fazenda de sua propriedade em que mantinha 28 pessoas em trabalho escravo, ele também é irmão do mega empresário Rubens Ometto Silveira Mello que em 2008 fundou as empresas RUMO logística  que atua no setor de logística ferroviária, Radar, empresa imobiliária agrícola, e Raízen que atua no setores de produção de açúcar e etanol, distribuição de combustíveis e geração de energia. 

A causa da queda do avião é desconhecida, mas acredita-se inicialmente que uma falha mecânica possa ter ocorrido. Ainda ao que apurado o empresário estaria indo para o Estado do Paraná, onde mantinha negócios além dos estados de Mato Grosso do Sul, Tocantins e São Paulo.

Sobre Igor Juan

Jornalista editor-chefe do Correio do Interior. Formando pela faculdade ESACM Sorocaba. Atuou na RedeTV!, Jornal O Democrata, SP Agora, Band e ITV.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *