Idoso morre e filho mantém corpo em decomposição em sofá

Igor Juan

1 de julho de 2021
Atualização:01 jul 2021 às 13:27

A Polícia prendeu um homem de 32 anos, de nome não revelado por ter mantido dentro de casa o corpo de seu pai morto na sala de casa. O caso ocorreu na cidade de Campo Limpo Paulista, próximo a Jundiaí na tarde de quarta-feira 30 de junho.

O caso foi descoberto depois que vizinhos notaram o sumiço repentino do idoso de 97 anos, que assim acionaram a Polícia. Ao chegarem ao endereço informado os policiais encontraram o corpo do homem sob o sofá da sala já em estado avançado de decomposição.

O filho do idoso estava alterado em questão de comportamento com a presença da Polícia e não soube explicar o motivo do corpo do pai estar na sala da casa. A polícia informou que filho do idoso tem antecedentes criminal por homicídio, sendo suspeito de ter provocado a morte de seu irmão.

Ele foi preso em flagrante e encaminhado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista. O corpo do idoso foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). A polícia aguarda os laudos, que apontarão a causa da morte.

O delegado do caso, Rafael Diorio informou que não foi possível inicialmente identificar a causa da morte, ou possíveis sinais de violência, já que o corpo estava em estava de decomposição sob o sofá com forte odor e insetos.

O caso foi registrado como ocultação de cadáver e homicídio, e será investigado.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *