Homem estupra, estrangula e joga corpo de criança de 5 anos em rio

Redação

15 de junho de 2021
Atualização:15 jun 2021 às 21:03

Um homem que não teve o nome divulgado e que já está preso estuprou, matou por estrangulamento e depois jogou no rio corpo de uma menina de 5 anos de idade.

O crime monstruoso aconteceu na segunda-feira 14 de junho de madrugada na Comunidade indígena do Betel, região da Serra da Valéria, zona rural do município de Parintins, distante 369 quilômetros de Manaus em linha reta.

Depois do crime o homem foi preso e espancado pelos moradores da comunidade indígena que também iriam assassiná-lo, mas uma equipe de policiais militares evitou o linchamento.

De acordo com as primeiras informações o autor da barbárie raptou a criança no momento que ela estava brincando no quintal de sua casa e depois levou para dentro da área de mata onde cometeu várias atrocidades com a vítima.

O “monstro” violentou sexualmente a menina e depois de estrangular com as próprias mãos, ele amarrou a pequena vítima a uma pedra e jogou no rio na tentativa de ocultar o crime cruel.

Tudo foi descoberto após o homem ser localizado e espancado pelos moradores da comunidade que conseguiram resgatar o corpo da menina de dentro do rio depois da confissão do autor do rapto, estupro e morte.

Os policiais militares do Batalhão e da Delegacia Interativa de Polícia de Parintins se deslocaram à comunidade indígena do Betel, deram voz de prisão ao criminoso e levaram para a sede do município e autuado em flagrante delito.

O assassino e estuprador também teve de ser levado ao hospital do município porque ficou bastante ferido depois do espancamento pelos moradores da comunidade do Betel.

O estupro e assassinato brutal da menina de 5 nos aconteceu na zona rural, bem distante da sede, mas provocou grande impacto, comoção e revolta em toda a população do município de Parintins.

 

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *