Homem encontrado morto dentro de escola em Sorocaba era detento que saiu para consulta em dentista

Redação

15/01/2020 l Atualização 15/01/2020 às 21:11

A Polícia Civil informou  que o corpo do homem encontrado com as mãos e os pés amarrados com um capuz na cabeça, na quadra da escola municipal Paulo Fernando Nóbrega Tortello, bairro Laranjeiras , em Sorocaba, é de um detento que estava em regime semiaberto e não retornou para a unidade prisional.

O detento Anderson Gomes Romeo era morador da cidade Hortolândia, região de Campinas, e  estava preso por furto, associação criminosa e roubo. Segundo os registros da Secretaria de Administração Penitenciaria,  ele saiu para ir ao dentista e foi achado morto na quinta-feira (o9) de janeiro.

Ainda segundo a polícia, a identificação foi feita pelas digitais colhidas e encaminhadas para a perícia. O caso continua sob investigação, sobre quem e porque teria matado o detento.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *