PUBLICIDADE

Homem é preso ao tentar matar genro por ciúmes da filha

Redação

20 de abril de 2021
Atualização:20 abr 2021 às 20:48

A 1ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve júri que condenou homem por tentar matar o genro a facadas, pois reprovava o relacionamento que a vítima mantinha com sua filha. A pena foi ajustada para 9 anos de reclusão, em regime inicial fechado.

De acordo com os autos, a filha do réu, Antonio Rangel, namorava e morava com a vítima. No dia do crime o réu foi até a casa do genro e pediu para conversarem no lado de fora. Nesse momento, Antonio desferiu uma facada na altura do abdômen da vítima e deixou o local. A vizinha da frente prestou socorro e chamou a polícia. Quando foi abordado pela polícia, o réu afirmou que não concordava que a filha, então com 16 anos, morasse junto com o genro.

Segundo com o relator do recurso, desembargador Diniz Fernando, “as qualificadoras reconhecidas encontram respaldo na prova. A do motivo fútil ficou evidenciada porque o réu, no meio da noite, atacou seu genro por ciúmes de sua filha, enquanto a do recurso que dificultou a defesa da vítima, igualmente, porque esta foi pega de surpresa pelo réu que, chamado para uma conversa, sacou uma faca de surpresa para feri-lo”.

Sobre Redação

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e checam informações dos fatos diariamente noticiados no jornal

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *