×
PUBLICIDADE

Homem é morto após reclamar de preço de carne em açougue

Igor Juan

4 de outubro de 2021 - updated: 04 out 2021 às 21:13

Um vendedor ambulante de salgados, Wagner de Oliveira Lovato, de 40 anos, morreu no sábado (02) após ser agredido com socos e chutes pelo gerente de um açougue, na cidade de Alvorada, no Rio Grande do Sul.

De acordo com a Polícia Civil que apura o caso, Wagner foi morto porque questionou/reclamado do preço da carne vendida no estabelecimento.

Wagner foi brutalmente agredido até a morte, ele chegou a ser socorrido e levado ao hospital do Cristo Redentor, mas não resistiu, pessoas próximas informaram ao Jornal Correio do Interior que ele era o único sustento da família constituída por sua esposa três filhas e uma neta.

Os investigadores do caso destacaram que gerente do estabelecimento junto a um amigo foi quem matou Wagner.

O delegado que apura o caso, Edimar Souza, da DHPP (Delegacia de Investigação de Homicídios e Pessoas Desaparecidas), informou que os acusados da morte do vendedor ambulante relataram que ele (vítima) saiu do local sem comprar nada e reclamou do preço da carne e qualidade dos produtos, o que acabou gerando a situação.

Segundo depoimento de testemunhas à polícia, as agressões teriam continuado mesmo após a vítima cair na calçada em frente ao açougue e ficar inconsciente.

O gerente do estabelecimento e segunda acusado (amigo dele) foram presos em flagrante, escondidos no açougue.

Os suspeitos não tiveram identidades reveladas pela investigação e ainda não apresentaram representante de defesa (advogados).

Igor Juan

Jornalista editor-chefe do Correio do Interior desde 2016. Formando pela faculdade ESACM Sorocaba. Atuou na RedeTV! e demais meios de comunicação. Correspondente do Jornal Metrópoles em SP com o Correio do Interior MTB: 0082709/SP.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

"