Greve dos caminhoneiros deixa RJ e MG sem combustível
PUBLICIDADE

Greve dos caminhoneiros deixa RJ e MG sem combustível

Gabriel Kazuo

22 de outubro de 2021
Atualização:22 out 2021 às 11:27

A paralização que antecede a greve geral dos caminhoneiros avançou nesta sexta-feira (22), em dois Estados: Rio de Janeiro e Minas Gerais. Os manifestantes pedem a redução do valor do ICMS e a queda no preço do diesel. Em algumas cidades como Duque de Caxias (RJ) e Betim (MG), há bloqueio de caminhões nas estradas.

No Rio de Janeiro, os protestos tem apoio do Sindicato de caminhoneiros ligados à transportadoras de combustível e entregadores de mercadorias. A PM local está acompanhando as manifestações, e o tráfego nas rodovias está liberado para carros de passeio.

Entretanto, esse protesto não se estenderá por muito tempo, pois assim como confirmado nesta quinta-feira (21), essa paralização serve apenas como um ”aviso” para o que poderá acontecer no dia 01 de Novembro no país inteiro.

Greve em Minas Gerais

Já no estado vizinho, a paralização atinge todas as cidades mineiras. Cerca de 800 caminhões estão parados na Região Metropolitana de Belo Horizonte, mas o tráfego nas rodovias e o trânsito nas ruas está normal. Assim como no RJ, eles protestam contra o aumento no preço do combustível e do ICMS.

Porém, o Sindicato local já informou que a greve seguirá por tempo indeterminado em Minas Gerais, e o Estado pode ser a primeira região brasileira a sofrer com falta de combustível, por conta desse protesto. Inclusive, os sindicalistas mineiros dizem que só encerrarão a greve em Minas se tiverem garantias de que o valor do diesel irá baixar a partir ce agora.

O Correio do Interior é produzido por jornalistas que apuram e chegacam informações dos fatos diariamente notíciados no jornal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *