Governo de SP irá ampliar flexibilizações no isolamento social no Estado

Gabriel Kazuo

19 de julho de 2021
Atualização:19 jul 2021 às 20:33

O Governo de São Paulo deverá, segundo o jornalista Lauro Jardim, do Jornal O Globo, anunciar mais flexibilizações do Plano SP, nessa semana, a partir do mês de Agosto. A informação foi apurada com exclusividade, e deve ser divulgada em breve.

Ainda não se sabe o que pode ser liberado na nova lista de flexibilizações do Plano SP, mas os índices da pandemia no Estado já apresentam uma melhora significativa, já indicando que maiores liberações podem ser feitas. Até o dia 31 de julho, o toque de recolher das 23h às 05h continua e a capacidade de ocupação nos Serviços não essenciais continua sendo de 60%.

Atualmente, São Paulo registra quase 4 milhões de casos de Covid-19, com 134 mil óbitos. Segundo o Consórcio de Veículos de Imprensa, todos os indicadores do Estado estão em queda há duas semanas, e mesmo com os temores de uma nova onda, causada pela variante Delta, há o entendimento no Governo de que mais flexibilizações podem ser feitas, apesar das incertezas.

Além das flexibilizações do Plano SP, Governo anunciará outra informação importante sobre a vacinação

Além das mudanças no Plano SP, o Governo de São Paulo irá anunciar, também nas próximas coletivas, que a vacinação contra a Covid-19 será anual em todo o Estado. A partir do dia 17 de janeiro, todas as cidades deverão revacinar novamente a população idosa e demais membros do Grupo de Risco.

Entretanto, tal medida depende de um Estudo da Anvisa e do Ministério da Saúde, sobre a necessidade da aplicação de uma terceira dose, e o Secretário Jean Gorinchteyn disse que, caso haja essa liberação, o Governo já irá anunciar a vacinação, junto com o aval do Ministério.

Porém, até o momento, as duas únicas vacinas que estão em análise da terceira dose são a da AstraZeneca e a da Pfizer. Contudo, Gorinchteyn acredita que as 2 outras vacinas produzidas pelo Buntantã, a Coronavac e a Butanvac, também poderão entrar para o rol de vacinas liberadas para a terceira dose.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *